O outro lado da notícia - Por Osvaldo Bertolino


 Público aplaude festival de cinema de Maringá

A mídia dos “grandes centros” (centro de quê?) ignorou completamente o 5º Festival de Cinema de Maringá, Paraná, realizado entre os dias 23 e 30 de maio. Mas o festival já é o segundo mais importante do sul do país, perdendo apenas para o de Gramado (RS).

 

Três filmes se revezaram nos prêmios para longa-metragem: "A Via Láctea", que faturou como melhor filme de ficção, som direto e ator (Marco Ricca); "Proibido Proibir", com fotografia, figurino, cenografia e atriz (Maria Flor) e "Hércules 56", o melhor filme documentário, montagem e música.

Entre os curtas em 35 mm, "Tende piedade de mim, Senhor" (PR) ganhou como melhor ficção e "A identidade em trânsito" (CE) como melhor documentário.

Na categoria curta-metragem digital, os prêmios ficaram com "O homem, o tempo e a bunda" (MS) e "Até onde a vista alcança" (PE), como melhor ficção e documentário, respectivamente.

Antes mesmo do apagar das luzes do Festival, o organizador do evento, Pery de Canti, anunciou mudanças para o próximo ano.

"A questão principal é que o Festival encerra o ciclo dentro de shopping. Estamos alinhavando a perspectiva de levar o Festival para perto da comunidade e do núcleo de estudantes da UEM. Queremos novamente juntar todas as atividades em um só lugar", afirma.

A exibição dos 98 filmes selecionados foi no 4º piso do Maringá Park Shopping Center, enquanto as oficinas e seminários foram realizadas em outro lugar, na Trecsson Business.

Outra mudança cogitada para 2009 é a redução no número de filmes selecionados, que deve passar a cumprir o que o regulamento determina (20 curtas em 35mm, 30 curtas digitais e cinco longas).

"É para melhor qualificar e oportunizar que mais pessoas possam assistir as obras do Festival. Nos dois últimos anos, o piso mínimo estabelecido pelo regulamento sempre foi excedido", declara.

A abertura (que este ano teve homenagens a Cacá Diegues e Letícia Sabatella) não deve mais ser um coquetel restrito a convidados: deve ser um evento aberto à toda a comunidade.

"Também queremos trazer uma comissão julgadora oficial, mas manter uma premiação por júri popular. E vamos tentar dobrar o valor da premiação", destaca.

Segundo Canti, o público compareceu às exibições dos filmes.

"Acho que a recepção se dá em função do conteúdo das obras e tivemos, de fato, obras muito boas nesta edição", comenta.

O encerramento foi marcado pela exibição do filme "O Sal da terra", dirigido pelo curitibano Elói Pires Ferreira, que ministrou a oficina de produção de curtas.

O filme é um roadmovie que conta a história de um padre caminhoneiro pelas estradas brasileiras. Foi lançado comercialmente em 2007 em Curitiba.

*O jornalista Marcelo Bulgarelli, que foi do Rio de Janeiro para trabalhar na rádio CBN-Maringá, disse que se a Catedral da "Cidade Canção", com 124 metros de altura (a arquitetura em cone na margem direita da foto acima), fosse na “Cidade Maravilhosa”, ela seria tão admirada quanto é o Cristo Redentor.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 17h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Leitora comenta guerra TVs versus blogues

 

A leitora Caia Fittipaldi, assídua participante deste blog (muito bom isso), comenta a matéria que postei abaixo sobre a guerra aberta pelas TVs nos Estados Unidos contra os blogues.

 

Vejam alguns trechos do seu interessante comentário:

 

Aí vai, prôs que não tenham visto, este interessante postado sobre as relações comerciais entre blogs de jornalistas, de um lado, e televisões e jornalões e demais produtores comerciais do hoje dito “conteúdo”, mas que sempre foi a velha “notícia”.

 

Tanto o tal de “conteúdo” quanto a tal de “notícia” sempre são e sempre foram produtos comercializáveis. Então, aí, mais uma vez, discutem-se relações comerciais, no comércio de notícias, que são iguaizinhas, também, é claro, no comércio de conteúdo.

 

Achei interessante este postado do Osvaldo Bertolino [ver adiante: “TVs armam guerra contra blogues nos EUA”], porque aí se vê claramente que a luta entre os blogs de jornalistas e as empresas de ‘comunicação’ é, como sempre foi, luta por interesses comerciais.

 

Acho MUITO MAIS interessante pôr a coisa nestes termos bem claros, do que tentar inventar alguma guerra santa entre as empresas de ‘comunicação’ (que representariam o mal) e os jornalistas blogueiros (que representariam o bem) -- e posta a coisa em termos de “liberdade de expressão”, como se tem visto, também, nas nossas listas de discussão.

 

Não vejo que interesse haja, para os internautas livre-atiradores, em defender alguma “liberdade de expressão” – que, afinal, nós já temos.

 

Não vejo que interesse teríamos em nos pôr a defender alguma “liberdade de expressão”, também, para os donos de blogs e donos de jornalão, sobretudo no Brasil-2008, em que toda a democracia brasileira vive sob assédio do pior jornalismo do mundo, este DES-jornalismo brasileiro que, pior, impossível.

 

Quem queira só se expressar pode expressar-se muito lindamente e muito livremente em msg distribuídas para listas de discussão e para endereços individuais. Muita gente trabalha assim; muitos livre-escrevedores libertários e progressistas e, claro, também muitos escrevedores fascistas.

 

No campo dos escrevedores fascistas de internet, há o exemplo muito eloqüente de blogueiro que já trocou seus interesses blogo-comerciais por seus interesses políticos: o Cesar Maia.

No caso do Cesar Maia, dado que assumidamente usa a internet como instrumento de propaganda, o Cesar Maia não mantém blog. Porque não mantém blog, o Cesar Maia pôde, quando achou que era o caso, EXCLUIR o meu nome de sua lista de distribuição. Assim, varreu-me do mundo dele.

 

Recebi a varredura como homenagem -- pq eu ria muito dele e ele, que começou por me responder muito arrogantementemente, mas, aos poucos foi começando a rir também... e já estávamos quase amiguinhos quando, de repente, ele escreveu que eu seria perigosíssima e, então... PÁ! Excluiu-me, varreu-me. Foi uma homenagem. Claro! Pior seria se ele me convidasse pra escrever lá, né-não?!

 

Nestas circunstâncias, não faltaria eu cometer NENHUMA BURRICE NOVA, se eu me pussesse, eu, a exigir, aos brados, que o Cesar Maia me reincluísse em sua lista... em nome de alguma “liberdade de expressão” ou “liberdade de imprensa”.

 

Muito astutamente e muito bom publicitário-marketeiro, o Cesar Maia deu à sua lista de distribuição o nome de “ex-blog”. A evidência de que o ex-blog do Cesar Maia não visa a nenhuma ambição de ‘informar’ ou de oferecer alguma ‘notícia’, e visa exclusivamente a fazer propaganda, é clara.

 

E é de lamentar muito, muito, muito, sempre, que os fascistas tenham aprendido isto antes dos blogueiros democráticos.

 

Em todos os casos, do que se tem discutido como “censura” à liberdade de imprensa ou de “censura” à livre manifestação do pensamento, infelizmente também nas nossas listas, trata-se, mesmo – e só, e sempre – de alguns jornalistas defenderem o seu muito legítimo direito de venderem espaço de publicidade nos blogs.

 

Então, porque alguns defendem o seu muito legítimo direito de venderem espaço de publicidade nos blogs, mas as coisas são postas em termos de liberdade de expressão, não em termos de liberdade para vender espaço de publicidade... está feita a confusão.

 

Pra piorar, há alguma espécie de “trauma de retardo”, uma obcecada mania de perseguição, em parte importante dos blogueiros da dita ‘esquerda’, que muito rapidamente põem-se a alertar contra os perigos de a Internet ser fiscalizada e arapongada.

 

(...)

 

É muito fácil espionar a internet. Ou, pelo menos, é tão ‘tecnologicamente’ fácil espionar a internet, arapongá-la totalmente, quanto é fácil usar a internet para qualquer fim – e, sim, para todos os fins.

 

O que faz toda a diferença é o DESEJO de se manifestar e o rumo que tome cada discurso-desejo de cada internauta.

 

O Cesar Maia é militante de um discurso-desejo fascista e fascistizante. E lá está ele, exposto, fascistizante,  fascistizando o mais ele pode, todos os dias.

 

(...)

 

Cabe aos blogueiros democráticos fazer a disputa POLÍTICA, DISCURSIVA, na luta de idéias, pela internet – e correr os riscos que haja. Todas as astúcias hacker, tanto quanto todas as astúcias ‘de estilo’, é claro, são bem-vindas.

 

Tanto quanto é veículo perfeito para fazer propaganda política de DES-democratização, a internet é veículo perfeito para fazer PROPAGANDA POLÍTICA DE DEMOCRATIZAÇÃO. E o resto é luta. E só a luta ensina.

 

A luta POLÍTICA pela internet é EXATAMENTE igual à luta movida à pena de ganso – e sempre foi. Mas entre as bem-vindas astúcias que nos ajudem na luta POLÍTICA pela internet não está prevista a astúcia de tentar viver das nossas astúcias, nem de tentar viver ‘da liberdade’ – que tantos jornalistas blogueiros (e não-blogueiros, é claro) logo restringem, aliás, ao chamá-la de “liberdade de expressão” ou “liberdade de imprensa”.

 

Na internet só se cogita de “liberdade de escrevença” e de “liberdade de lença”, quero dizer: cada um escreve o que queira e cada um lê o que queira. Sob a regra geral de sempre: os ricos podem mais, os pobres podem menos (e, nesta luta, só a luta ensina.)

 

A luta política pela REDEMOCRATIZAÇÃO também dos meios de comunicação, implica usar a internet, muito mais do que se deslumbrar com ela ou pensar mais nos riscos que há do que nas vantagens que há. 

 

Seja como for, a internet nada tem a ver com defender alguma “liberdade de imprensa”, nem ninguém deve pensar que, ‘porque’ é fiscalizável, censurável ou arapongável, a internet seria menos potente, ou mais ‘perigosa’ do que, por exemplo, um telefone, ou, até, um namorado, um amante, uma ex-mulher.

 

A internet é o que é. Cabe aos internautas conhecê-la e usá-la. Evidentemente, cabe aos internautas aprender a escapar das arapucas – que sempre há e sempre haverá. A luta política nunca foi um pic-nic.

 

(...)

 

No postado abaixo vê-se mais claramente do que tenho visto nas nossas listas, a evidência de que a disputa entre jornalistas blogueiros e empresas comerciais é luta COMERCIAL. Ninguém, aí, está perdendo tempo com conversê fiado sobre “liberdade de imprensa”.

Nunca houve liberdade de imprensa, senão para os donos de jornal. O jornalista blogueiro que defenda o seu muito legítimo direito de vender espaço publicitário está tentando usar a seu favor a tal de “liberdade de imprensa” e, nisto, raciocina exatamente como qquer dono de jornal.

 

Os internautas-cidadãos, os livre-atiradores, os escreventes de multidão NADA TÊM A VER com a luta dos donos de espaços comerciais e comercializáveis, nem em jornais impressos, na televisão ou na internet.

 

Tudo isto ajuda a ver que TODO o jornalismo, como o conhecemos, SEMPRE é travado, cercado, sitiado, na e pela disputa COMERCIAL.

 

Assim se vê que, onde se falar em “liberdade de imprensa” e “liberdade de expressão”, fala-se de liberdade LIBERAL para COMERCIALIZAR (qquer coisa) e, neste  caso específico, liberdade LIBERAL para comercializar 'conteúdos'.

 

Esta disputa comercial não é ‘pecado’, como parecem crer os fundamentalistas da esquerda-tosca. Mas esta disputa tampouco é ‘santa’, como parecem crer os liberais fundamentalistas de todos os matizes que se reúnem sob o rótulo de ‘jornalista isento’.

 

A internet é o espaço de luta política mais amplo a que os pobres jamais chegaram em toda a história da humanidade. A internet é “saber objetivado da sociedade” – exatamente como Marx disse sobre o telégrafo: ninguém inventou a internet – ela é produto do trabalho (e da luta, e do desejo) dos MUITOS (e os muitos são pobres).

 

Então, “aux armes!” A internet é uma espécie de comuna.

 

Temos de entendê-la, conhecê-la, decifrá-la, ao mesmo tempo em que a vamos inventado e construindo. Sempre foi assim, em todas as comunas.

 

E temos de pôr a internet a nosso serviço – como instrumento muito poderoso de democratização. Temos de usá-la... tanto quanto, ao mesmo tempo, inescapavelmente, a internet nos usa. Assim se constrói pensamento: na luta. Escrevendo (eventualmente errando. Não faz mal. Só a luta ensina.)



Escrito por Osvaldo Bertolino às 15h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Como sobreviver sem duas caras?

A novela Duas Caras, da TV Globo, vai terminar hoje — segundo release distribuído pela emissora — com um fato nunca dantes ocorrido em qualquer novela brasileira: haverá um casamento coletivo.

*Isso que é novidade!

*Isso que é criatividade!

*Quem imaginaria que uma novela terminaria com casório?

*Só mesmo alguém fantástico e inteligentíssimo poderia bolar uma coisa dessa!

 



Escrito por Osvaldo Bertolino às 14h17
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Orlando Silva inaugura Vila Olímpica em Maringá

Amanhã, domingo, o competente e dinâmico ministro dos Esportes, Orlando Silva, estará na minha querida Maringá — a jóia verde do Noroeste do Paraná — para inaugurar a Vila Olípimpica.

Com uma série de atividades culturais e esportivas, a partir das 9 horas a “Cidade Canção”  entra para o primeiro mundo das modalidades esportivas individuais.

A Vila Olímpica é um amplo complexo esportivo destinado a sediar eventos internacionais e abrigar atletas de alto nível para preparação visando a competições oficiais.

A Vila Olímpica transforma Maringá em referência para a região sul do país em diversas modalidades.

Além de Orlando Silva Júnior, estará presente o comissário Internacional Continental da União Ciclística Internacional, Francesco Bonatti Valente, e atletas como o nadador Fernando Scherer, o Xuxa.

As obras foram executadas com recursos do Ministério dos Esportes e da Prefeitura de Maringá destinados ao fortalecimento de modalidades esportivas individuais.

*Parabéns, Orlando!

 

*Parabéns, Maringá!



Escrito por Osvaldo Bertolino às 14h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Folha perde oportunidade de ficar calada

Está no blog do Favre (http://blogdofavre.ig.com.br/):

“Caso Paulinho reflete o surgimento de uma 'elite' que se beneficia das relações turvas entre sindicalismo e Estado."

(Editorial da Folha de S. Paulo)

E o caso Frest do Detran do Rio Grande do Sul e o caso Alstom de São Paulo, refletem o quê?



Escrito por Osvaldo Bertolino às 13h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Fajardo defende CPI federal para o "caso Alstom"

 

Para o presidente da Federação Nacional dos Metroviários (Fenametro), Wagner Fajardo, o caso envolvendo a Alstom e o Metrô-SP merece uma CPI federal por a poderosa multinacional está envolvida com outras empresas e projetos brasileiros.

A Alstom também opera o metrô do Distrito Federal (DF) sob concessão. Há rumores de que lá também a poderosa multinacional agiu ilegalmente e em conluio com representantes do governo distrital.

A empresa também expôs publicamente o interesse em participar da licitação da parceria público-privada (PPP) para explorar o trem de alta velocidade entre São Paulo e Rio de Janeiro. 

Todo esse rol de denúncias, segundo o presidente da Fenametro Wagner Fajardo, merece ser investigado por uma CPI federal.

“Achamos que o governo, a Assembléia Legislativa, o Ministério Público e a Câmara dos Deputados devem fazer investigação”, diz ele. “Esse caso é do tipo que merece uma CPI porque envolve entidades internacionais”, disse.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 13h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




“Grau de investimento”: quem avalia as agências de risco?

 

Em editorial publicado nesta sexta-feira (30), o jornal britânico Financial Times pergunta quem avalia as agências de classificação de risco, como a norte-americana Fitch  — que deu “grau de investimento” ao Brasil —, lembrando que as previsões dessas agências muitas vezes são questionáveis.

 

"As maiores agências — Moody's, Fitch e Standard & Poor's" —, diz o jornal, "se enganaram redondamente na avaliação da capacidade de pagamento de dívidas no mercado de crédito imobiliário de alto risco (subprime)".

 

O jornal diz que "muitos chegaram a culpar as agências de classificação de risco pelo colapso no subprime, em retrospecto, pelo erro nas suas avaliações".

 

"Mas um monte de outras pessoas inteligentes também estava errada", afirma o jornal. E alerta para a necessidade de algum tipo de controle ou monitoramento maior no setor.

 

"Enquanto há uma necessidade urgente de mudança, uma regulação intrusiva iria fracassar em evitar problemas semelhantes no futuro, além de impor custos consideráveis", diz o jornal.

 

Segundo o jornal, o debate deve se centralizar no que deu errado na classificação dos títulos das empresas hipotecárias.

 

"Primeiro, houve fraude em algumas das aplicações básicas para hipoteca. As hipotecas de alto risco são uma invenção recente, então, há poucos dados sobre como elas se saem com a economia em queda. Terceiro, pessoas que têm hipotecas se tornaram mais dispostas a perder suas casas com a queda dos preços, e as agências de classificação não identificaram a mudança", diz

 

O editorial pergunta se a inadequação das agências se deve a um conflito de interesses: as classificações são usadas pelos investidores, mas são pagas pelos emissores dos títulos. Por conta disso, diz o jornal, "as agências têm um incentivo financeiro para manter os emissores felizes".

 

*Estão aí boas questões para os que ficaram eufóricos com o “grau de investimento” responder.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 01h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Colômbia prende ex-embaixador ligado a paramilitares

 

O ex-embaixador da Colômbia no Chile, Salvador Arana Sus (foto acima), fugitivo da Justiça, que o acusa de vínculos com paramilitares e homicídio, foi preso na noite de quinta-feira.

 

Arana foi localizado no balneário turístico de El Rodadero, na cidade de Santa Marta, 950 km ao norte de Bogotá.

 

O ex-embaixador no Chile, que também foi governador do departamento (província) de Sucre (norte da Colômbia), estava desaparecido desde o início de 2007, quando a procuradoria decretou uma ordem de prisão por vínculos com os paramilitares.

 

*Até o momento, 63 congressistas, quase todos ligados ao governo, já foram investigados por vínculos com paramilitares.

 

*Trinta e dois estão presos, incluindo o senador Mario Uribe, primo do presidente Álvaro Uribe.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 00h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TVs armam guerra contra blogues nos EUA

 

Quando o YouTube não filtrava meticulosamente toda forma de conteúdo não autorizado, os estúdios de televisão e cinema costumavam se queixar ferozmente de que seu trabalho estava sendo postado no site sem permissão.

 

Agora, a mesma disputa começa a ser travada com uma empresa iniciante chamada Redlasso.com, que oferece programas de rádio e TV para que blogueiros possam extrair vídeos e clipes de áudio e postá-los em seus sites.

 

Na prática, o site facilita ainda mais para os blogues encontrar um momento memorável ou uma mancada grave e usá-los como preferirem.

 

"Criamos uma maneira de trabalhar com os criadores de conteúdo e controlar a situação, em lugar de eles terem de perseguir seus vídeos veiculados por toda a Internet", disse Ken Hayward, presidente-executivo da Redlasso.

 

Bancada por investimentos de empresas de capital para empreendimentos, a esperança da Redlasso era que as redes de televisão aceitassem acordos com ela para vender publicidade vinculada ao seu conteúdo.

 

Mas isso não funcionou, e as redes de TV querem que a Redlasso deixe de distribuir o seu conteúdo.

 

Em 19 de maio, NBC, CBS e Albritton, uma empresa que controla canais de televisão, enviaram uma carta formal à Redlasso afirmando que a empresa havia "iniciado a construção de um negócio com base em distribuição não autorizada de conteúdo de notícias, entretenimento, esportes e outros materiais de rádio e TV controlados por terceiros".



Escrito por Osvaldo Bertolino às 00h51
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Astrônomos reconstituem história de supernova

 

Imagem divulgada pela Nasa mostra imagens remanescentes da supernova da estrela Cassiopeia A, ocorrida há 11,3 mil anos. Trata-se de uma simulação, feita a partir da combinação de imagens obtidas por três grandes telescópios, da Nasa: o Hubble (em amarelho), O Spitzer (vermelho) e o Chandra (verde e azul).

 

A descoberta representa a primeira vez que os astrônomos conseguem reconstituir a história de uma estrela que explodiu em nossa própria galáxia. Por causa da distância de 11 mil anos-luz da Terra, a luz da explosão teria atingido a Terra há 300 anos.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 00h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




“Grau de investimento” não estimula crescimento nem atrai IED

 

Um estudo realizado pela Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio) diz que o crescimento da economia brasileira depende mais das condições internas que estimulem as empresas a investir do que do “grau de investimento”.

 

A conclusão está baseada em estudo comparativo feito pela Fecomercio a partir de correlações entre o Investimento Estrangeiro Direto (IED) e as seguintes variáveis macroeconômicas: PIB, inflação, mercado de ações, fundos de investimentos, taxa de câmbio, transações correntes e taxa de juros, no período de 1990 a 2008.

 

Segundo o estudo, o IED parece ser reativo ao crescimento econômico, que por sua vez depende fortemente do investimento interno. O IED é puxado pelo PIB e não o contrário. Assim, o crescimento do PIB é que atrai o IED em primeira instância. Isso porque o PIB depende do investimento interno e o IED reage a isso posteriormente, se tornando uma variável vinculada ao desempenho da economia.

 

Entre o IED e as transações correntes a relação — que é inversa — se dá de forma indireta. Por um lado, a entrada de dólares valoriza a moeda local, o que proporciona uma “janela de oportunidade” para importações e remessas, mas por outro, encarece as exportações.

 

A taxa de juros interna, por sua vez, reage de forma inversa ao IED em virtude da valorização cambial que ancora a inflação em preços externos. Essa relação pode ser eventualmente quebrada quando os custos internacionais de commodities e ou outros insumos sofrem altas mais do que proporcionais a essa valorização cambial.

 

Paralelamente a tais conclusões, a Fecomercio finaliza estimando que a entrada de investimentos diretos estrangeiros em 2008 deverá atingir de US$ 45 a US$ 50 bilhões. 

 

Em 2006 e 2007 as entradas de recursos externos para investimento direto atingiram, respectivamente, US$ 18,7 bilhões e US$ 34,6 bilhões, em parte por antecipação dos agentes da elevação do rating do Brasil.

 

*Tudo pesado, fica a constatação de que a economia brasileira é altamente contraditória.

 

*E tem a complexa arquitetura que permite o envio de lucros fabulosos para o exterior, praticamente sem taxação.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 00h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Iraquianos protestam contra presença dos EUA

 

Milhares de iraquianos saíram sexta-feira (30) às ruas de Bagdá e de várias cidades do sul do país em protesto contra as negociações do governo com os Estados Unidos para regularizar a presença militar norte-americana no Iraque.

 

Durante as manifestações, que transcorreram sem distúrbios, os participantes condenaram o possível acordo que está sendo estudado pelos Estados Unidos e pelas autoridades fantoches iraquianas para determinar a natureza da presença das tropas militares norte-americanas.

 

O mandato concedido pelo Conselho de Segurança da ONU às tropas norte-americanas no Iraque expira no final de 2008.

 

O representante do Grande Aiatolá, Ali Hussein al-Sistani, autoridade máxima xiita no Iraque, chamou o acordo militar que o governo fantoche do Iraque está negociando com os Estados Unidos de um "novo peso para o Iraque".

 

Ahmed al-Safi, porta-voz do escritório de Sistani em Najaf, disse durante o sermão da sexta-feira que não deseja "que o Iraque assine tratados e se comprometa com novas obrigações, porque trarão novos problemas ao Iraque e afetarão sua soberania".

 

Safi acrescentou que seu desejo é manter a soberania do Iraque e ressaltou: "Temos certeza de que temos dirigentes políticos que levarão em consideração os supremos interesses do país".

 

Um porta-voz do escritório de Moqtada al-Sadr disse que "as manifestações são o princípio do que se espera ser uma longa e feroz batalha dos iraquianos contra a futura presença militar (norte-americana) no Iraque".

 

Além disso, a Associação de Ulemás Muçulmanos, a autoridade máxima sunita no Iraque também se pronunciou contra este acordo, descrevendo-o como "um novo mandato sobre o Iraque".



Escrito por Osvaldo Bertolino às 00h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




França terá greve geral contra reforma trabalhista

 

A maior central sindical da França, a CGT, anunciou na sexta-feira (30) uma greve geral para o mês que vem, em protesto contra o presidente Nicolas Sarkozy, que planeja dar às empresas mais chances de ignorar a lei de 35 horas de trabalho por dia.

 

A proposta do ministro do Trabalho, Xavier Bertrand, abriria caminho para negociações sobre o número máximo de horas extras que os empregados podem fazer e a compensação que receberiam caso trabalhassem mais do que isso.

 

As empresas precisariam da aprovação dos sindicatos que têm o apoio de 30 por cento dos trabalhadores para fazer acordos sobre estes assuntos, em vez dos 50 por cento previstos pelo acordo inicial.

 

"Eles estão prontos para destruir boa parte da lei trabalhista e nós não vamos permitir que isso aconteça", disse à rádio RTL Bernard Thibault, presidente da CGT.

 

"Os franceses que acordam cedo e os que também dormem tarde vão para as ruas", acrescentou, referindo-se ao bordão de Sarkozy, que, durante as eleições, dizia para as pessoas acordarem cedo para trabalhar mais e ganhar mais dinheiro. 



Escrito por Osvaldo Bertolino às 00h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Coréia do Norte reage à propaganda falsa sobre fome

 

A Coréia do Norte rebateu as falsas informações de que a fome esteja causando mortes em massa no país, como denunciou um grupo “humanitário” sul-coreano.

 

Outros organismos “humanitários” pediram ajuda urgente para a Coréia do Norte, que estaria enfrentando uma grave situação alimentícia, após a má colheita em conseqüência das inundações do ano passado, e a alta dos preços no mercado internacional de grãos.

 

A Coréia do Norte criticou a falsa informação, adotada pelo presidente sul-coreano, Lee Myung-bak.

 

"O pragmatismo de Seul consiste em ignorar o caráter essencial e a realidade das relações entre Coréia do Norte e Coréia do Sul", segundo um artigo do diário do Partido dos Trabalhadores norte-coreano, Rodong Sinmun.

 

A ataque a Pyongyang ocorre pouco antes de se completar os primeiros cem dias do mandato de Lee, que tomou posse em 25 de fevereiro, com o compromisso de aplicar o pragmatismo nos campos político e econômico.

 

No entanto, as relações entre as duas Coréias sofreram um revés desde a chegada do governo conservador de Lee, depois que este condicionou qualquer avanço nas relações entre os países à “desnuclearização” da Coréia do Norte.

 

*Outro dia vi um documentário norte-americano sobre a Coréia de Norte que é um verdadeiro achincalhe ao povo daquele país.

 

*A propaganda anticomunista é de um primarismo impressionante.

 

*Algo assim só pode surtir efeito com lavagem cerebral, como parece ser o caso de uma parte das sociedades do chamado “mundo ocidental”.

 

*A Coréia do Sul pertence a esse “mundo ocidental”, mas parece que boa parte dos sul-coreanos não engole a propaganda norte-americana.  



Escrito por Osvaldo Bertolino às 00h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Brasil pede sessão da ONU sobre alta do petróleo

 

O Brasil e os países que integram o Sistema de Integração Centro Americana (Sica, grupo formado por Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá e Belize) pediram nesta quinta-feira a realização de sessão das Nações Unidas sobre a alta do petróleo.

 

O pedido foi feito em um comunicado dos chefes de Estado que participaram em San Salvador, a capital salvadorenha, do 2º Encontro Empresarial Brasil-Sica.

 

Segundo o documento, os líderes dessas nações estão ''preocupados com o caráter presumivelmente especulativo da alta dos preços do petróleo, que se traduzem em um forte impacto negativo nas economias e no desenvolvimento social dos países em desenvolvimento, em particular dos mais pobres, que possam fazer retroceder os avanços alcançados nos últimos anos''.

 

A convocação em caráter urgente de uma sessão extraordinária da Assembléia Geral das Nações Unidas teria, de acordo com o comunicado, o propósito de ''tratar da busca de uma solução real e pragmática para a atual crise, que deixe como resultado redução nos preços do petróleo e esboço de plano de ação integral que se oriente à busca de um mecanismo sustentável''.

 

O texto acrescenta que a medida precisa ser tomada ''a tempo de evitar este tipo de crise, com caráter supostamente especulativo, do comércio internacional''.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 00h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




OMC: rodada de Doha volta a empacar

 

As últimas propostas da OMC para resgatar sete anos de negociações sobre a liberalização do comércio mundial foram alvo de críticas.

 

Embora nenhum dos 152 países membros da OMC tenha rejeitado formalmente os anteprojetos de acordos apresentados no dia 20 de maio, os grandes atores da negociação os criticaram abertamente.

 

Os Estados Unidos se declararam "preocupados" com os rumos tomados pela Rodada de Doha, lançada em 2001 na capital do Qatar.

 

A negociadora norte-americana, Susan Schwab, não escondeu sua decepção com as propostas que avançam "para um equilíbrio e uma abertura de mercado menores".

 

Na última segunda-feira, vários países europeus, liderados por França, Irlanda e Polônia, comunicaram ao comissário de Comércio da União Européia, Peter Mandelson, suas discordâncias. Mandelson disse "compartilhar plenamente de muitas dessas preocupações".

 

Pelo lado dos países “em desenvolvimento”, o secretário indiano do Comércio, G. K. Pillai, qualificou como "totalmente inaceitáveis" as propostas de diminuição das tarifas alfandegárias sobre os produtos industriais.

 

"Não haverá acordo se nossos interesses nacionais centrais não são protegidos", afirmou. Os produtos industriais estão agora no coração do debate, substituindo os agrícolas como tema central da negociação — setor no qual foram registrados progressos em relação aos chamados "produtos sensíveis", que não estariam sujeitos a uma diminuição muito grande das tarifas alfandegárias.

 

Com a esperança de trocar uma coisa pela outra, os países ricos, sob pressão para baixar seus subsídios e tarifas alfandegárias sobre os produtos agrícolas, pedem aos países “emergentes” que abram seus mercados para a importação de produtos manufaturados.

 

*Essa guerra promete ir longe.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 00h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Embrapa ganha projeto para cultivo de soja em Cuba

 

Cuba abriu o investimento em seu setor agrícola à Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) com um projeto para o cultivo de aproximadamente 40 mil hectares de soja, que ainda está em fase de estudo.

 

Na primeira etapa de uma visita oficial de dois dias a Cuba, o ministro de Relações Exteriores Celso Amorim assinou nesta sexta-feira com seu colega cubano, Felipe Pérez Roque, um acordo "para a implementação do projeto de assistência técnica para a produção de soja em Cuba".

 

Pérez Roque ressaltou que este acordo permitirá a Cuba "adquirir a experiência, a assessoria da Embrapa e de outras instituições brasileiras no cultivo da soja, em um momento especialmente decisivo para a produção de alimentos em nosso país e no mundo".

 

Amorim tinha destacado anteriormente, durante um encontro com empresários dos dois países, a colaboração brasileira na produção da oleaginosa e disse que "será um novo momento do desenvolvimento de Cuba".

 

O ministro cubano de Comércio Exterior, Raúl de la Nuez, disse em declarações após esse encontro empresarial que se trata de "um projeto muito incipiente", ainda em fase de estudo, mas confirmou que seriam experiências pioneiras deste tipo de investimento estrangeiro no setor.

 

"Tivemos apenas certa colaboração com empresas estrangeiras na produção citrícola (...), acho que é o único caso memorável", disse De la Nuez, em referência à participação de uma empresa israelense na produção dessa planta nos anos 90.

 

"Os técnicos de Embrapa vieram a Cuba, recolheram a informação e estão avaliando as características dos terrenos para ver que sementes são as mais adequadas", explicou o ministro.

 

Acrescentou que "inicialmente estão falando de cerca de 30 mil ou 40 mil hectares, mas com possibilidades de extensão", embora tenha especificado que a ampliação dessa superfície terá que ser feita "pouco a pouco porque não é algo que se cultiva em Cuba".

 

De la Nuez afirmou que as plantações de soja seriam localizadas em províncias como Ciego de Ávila (centro) e Matanzas (oeste), e ressaltou que "por enquanto a colaboração está se focando em fazer uma análise de factibilidade técnica e econômica do projeto".



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h49
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Brasil tem 68 tribos indígenas isoladas, diz Funai

 

A Fundação Nacional do Índio (Funai) divulgou imagens de uma comunidade indígena que vive isolada na Amazônia. Segundo a Funai, existem registros de 68 tribos que ainda vivem isoladas no Brasil, sendo que 24 já foram confirmadas. A maioria fica no Acre e no sul do Amazonas.

 

As imagens da Funai, feitas no mês passado, mostram duas aldeias no meio da mata. Cada uma delas tem várias construções cobertas de palha. Alguns índios tentaram atingir o avião da expedição com flechas.

 

A estimativa é que a comunidade tenha cerca de 500 pessoas que vivem perto do Rio Envira, na fronteira com o Peru. Segundo o sertanista José Carlos Meireles, que mora na região há 20 anos, a população dessas tribos está aumentando, apesar dos conflitos com peruanos que atravessam a fronteira em busca de madeiras nobres.

 

Os índios constantes das imagens divulgadas, que empunhavam arcos e flechas, seriam provavelmente os membros remanescentes de uma tribo maior que se viu obrigada a ingressar mais profundamente na floresta, montando acampamentos cada vez menores, disseram especialistas.

 

A área da fronteira entre o Brasil e o Peru revela-se um dos últimos refúgios do mundo para grupos desse tipo, já que se encontram ali cerca de 50 das cerca de 100 tribos isoladas existentes no mundo todo.

 

Esses grupos enfrentam um perigo crescente na forma da expansão das fronteiras econômicas, em especial do lado do Peru, que tem demorado mais para criar reservas capazes de proteger as populações indígenas.

 

José Carlos Meirelles, funcionário da Funai que estava no helicóptero de onde foram tiradas as fotos, disse que essa tribo deveria ser deixada isolada o máximo possível.

 

*Historicamente, o contato com o mundo exterior mostrou-se catastrófico para os índios brasileiros, que hoje somam cerca de 350 mil indivíduos, um número muito menor do que os 5 milhões da época da chegada dos europeus.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Petróleo em águas profundas de Cuba atrai petroleiras

 

A Petrobras está estudando um bloco para exploração em águas profundas de Cuba como parte de um acordo mais amplo de cooperação com o país.

 

"Planejamos cooperar não só na exploração e na produção, mas em lubrificantes, no refino e no treinamento", disse André Ghirardi, representante da Patrobras, em Havana durante um encontro de empresários cubanos e brasileiros.

 

"Trabalhamos com a possibilidade de explorar um bloco no Golfo do México, mas as negociações não foram concluídas, estão avançando", acrescentou.

 

O interesse em blocos cubanos no Golfo do México tem aumentado, acompanhando a elevação nos preços do petróleo.

 

Sete empresas estrangeiras assinaram acordos de exploração com a petroleira estatal cubana Cupet para 28 dos 59 blocos disponíveis nas águas profundas do Golfo, localizadas na Zona de Exclusão Econômica de Cuba.

 

O Serviço Geológico dos Estados Unidos estimou que a bacia no norte de Cuba pode conter 4,6 bilhões de barris de petróleo, com potencial para 9,3 bilhões de barris, além de aproximadamente 1 trilhão de pés cúbicos de gás natural.

 

Ghirardi afirmou que as negociações para a construção de uma fábrica de lubrificantes em Cuba caminhavam bem.

 

A venezuelana PDVSA adquiriu grande importância na indústria petrolífera de Cuba.

 

A PDVSA e Cuba iniciaram e expandiram as operações de uma refinaria construída pelos soviéticos na província central de Cienfuegos, além de modernizarem outra refinaria em Santiago de Cuba, no leste do país.

 

A petroleira venezuelana também obteve blocos no Golfo, assim como a espanhola Repsol-YPF , as indianas ONGC e Nordsk Hydro, a estatal vietnamita Petrovietnam, a Petronas, da Malásia; e a canadense Sherritt International.

 

O diretor de exploração da Cupet disse neste ano que a atividade nas águas profundas de Cuba estava aumentando.

 

"No momento, os estudos sísmicos estão em andamento em 2.300 km2 e muito em breve estudos tridimensionais começarão em 4.500 km2 no Golfo do México", afirmou Rafael Tenreyro.

 

Cuba produz o equivalente a 75 mil barris de petróleo e gás por dia, cerca de 50% do consumo energético local, importando o restante da Venezuela. 



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Cuba anuncia programa para duplicar produção de arroz

 

Cuba começou a aplicar um programa destinado a duplicar até 2015 a produção nacional de arroz, o principal cereal consumido na ilha, anunciou nesta sexta-feira (30) a imprensa local.

 

Para alcançar esse objetivo, a agricultura usará novas técnicas para conseguir maiores rendimentos, mais produção e assim substituir as importações.

 

O mais importante noticiário da televisão cubana disse que esse cultivo em Cuba tem um rendimento médio de quatro toneladas por hectare, considerado "aceitável" por especialistas.

 

"O nível médio no mundo é de cinco a oito toneladas por hectare", acrescentou um dos entrevistados.

 

O aumento do preço dos alimentos no mercado mundial criou o temor na população de que os abastecimentos subsidiados de arroz desapareçam em breve.

 

Donas-de-casa entrevistadas pelo jornal disseram ter ouvido em várias ocasiões que o grão "teria sua quantidade diminuída ou seria completamente retirado do livrinho", em referência ao sistema de controle nacional de alimentos e artigos de primeira necessidade, com preços subsidiados pelo Estado.

 

Em 2007, o país gastou US$ 1,5 bilhão em importação de alimentos e prevê que esse valor alcance US$ 2 bilhões, sem que a quantidade aumente.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Ataque do século vira mais uma obra de arte

 

Na seqüência da estréia do seu filme “Universidade do Grafite”, Vinil Colante pintou o muro da Escola de Futebol do Rei Péle, na Avenida Conselheiro Nébias, 627 em Santos-SP.

 

Para este projeto Vinil utilizou uma das vertentes mais antigas da arte de rua, o estêncil. 

 

Pouco se sabe sobre a origem exata desta técnica, mas há registros dela antes do ano 500 d.C. em países orientais de cultura milenar como o Japão e a China. Os fenícios, inclusive, já faziam moda com estêncil, produzindo os primeiros tecidos estampados da história.

 

Este trabalho, que vem em forma de homenagem ao histórico ataque do time da Vila Belmiro, o Santos Futebol Clube, é sobre uma foto histórica de Dorval, Mengálvio,Coutinho, Pélé e Pepe.

 

O estêncil dos jogadores mede 5 X 2,50 metros, a maior obra já feita com essa técnica pelo artista.

 

Veja no vídeo abaixo:



Escrito por Osvaldo Bertolino às 22h53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O Muro do Rei



Escrito por Osvaldo Bertolino às 22h51
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Tamanho das torcidas esconde o essencial

Uma das maiores provas daquela velha máxima de que as estatísticas escondem o essencial é a medição do tamanho das torcidas de futebol. O essencial é saber o tamanho da torcida efetiva de um determinado clube — uma medição que exige mais rigor do que o utilizado pelas pesquisas que são divulgadas por aí a torto e a direito.

Veja:

No dia 20 de outubro de 2005, uma pesquisa divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo mostrou que o Corinthians tem 44,87% de torcedores em São Paulo, o São Paulo 26,92, o Palmeiras 15,38% e o Santos 7,69%.

Em outubro de 2007, a revista Placar divulgou outra pesquisa, daTNS Sports, que mostrou o Corinthians com 32,9 %, o São Paulo com 25,6 %, o Palmeiras com 15,3 % e o Santos com 14,5%.

Outra pesquisa, de âmbito nacional, feita pela CNT/Census, também em 2007, mostrou números semelhantes.

Destes números, cada um trata de tirar as suas conclusões carregadas de subjetividade. A principal delas é desconsiderar que no universo pesquisado há uma parcela considerável que manifesta preferência por um determinado clube sem o menor comprometimento com ele.

Numa cidade gigantesca como São Paulo, esse universo também é gigantesco. A pergunta é: estes “torcedores” podem entrar na estatística? Se pode, é evidente que numa pesquisa feita em Porto Alegre, por exemplo, o universo de “torcedores” que não sabem sequer o nome do goleiro do time é bem menor.

A pesquisa CNT/Census de 2007, por exemplo, mostra que 28,4% dos pesquisados afirmam não torcer por nenhum time de futebol. Mas manifestam sua preferência por algum — possivelmente influenciados pela mídia. Entre os entrevistados, 15,4% afirmam gostar "mais ou menos" do esporte, enquanto outros 51,9% dizem gostar.

Pior: das pessoas ouvidas, 32% dizem não gostar de futebol.

Na verdade, os institutos de pesquisas fazem os levantamentos e os negociam com alguma entidade ou veículo de comunicação. A mídia — que os usa para vender mais jornal ou aumentar a audiência — os divulga sem qualquer contraponto, ou questionamento. O dever de informar, com precisão, passou ao largo nessa questão.

E, assim, o público amante do futebol vai se alimentando de números e dados mentirosos, a ponto de haver cartola dizendo por aí que, "num futuro próximo", seu clube atingirá 30 milhões de torcedores; outros garantindo que chegarão a 25 milhões, 20 milhões.

Como dizia o escritor Nelson Rodrigues, não se faz literatura, política e futebol com bons sentimentos. Literatura e política, discordo. Mas quanto ao futebol, não tenho a menor dúvida. Concordo com alguém que disse que futebol é a coisa mais importante entre as mais desimportantes.

*O Santos, que já tem um escritório regional em São Paulo e no ABCD, está providenciando postos de divulgação de sua marca na capital exatamente por isso.

*Nestes tempos em que o futebol vive de marketing e negócios, o time da Vila Belmiro dará nome a uma das estações do metrô de São Paulo — a Estação Terminal Santos Futebol Clube-Jabaquara.

*A estação terá painéis que vão contar a história do clube.

*Também serão exibidas réplicas dos principais troféus conquistados.

*Uma pesquisa vai indicar os quatro maiores jogadores da história do Peixe desde 1950.

*Os craques santistas terão suas imagens expostas na estação.

*Somos a única torcida que precisa viajar para ver o nosso clube jogar em casa.

*Tenho certeza que a Estação do Santos será a mais visitada de todo o metrô.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 22h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Altamiro Borges chega à blogosfera

 

O grande Altamiro Borges — jornalista de primeira, intelectual refinado, dirigente político talentoso, amigo dileto e secretário nacional de comunicação do PCdoB — está anunciando a sua entrada na blogosfera.

 

Grande iniciativa. É uma conquista de peso para a necessária e urgente ocupação de espaço na internert para o debate e a divulgação de idéias progressistas.

 

Seja bem-vindo, Miro!

 

Veja a mensagem que ele está divulgando:

 

 

“Prezadas (os) amigas (os)

 

Devido à importância crescente dos blogs no país e seguindo sugestões de amigos, arrisquei ingressar nesta seara. Envio para os amigos a página experimental de um novo blog. Aguardo as críticas francas e as criativas sugestões de todos. Não vacile nos comentários.

 

O blog está disponível no endereço: http://altamiroborges.blogspot.com/



Escrito por Osvaldo Bertolino às 09h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Venezuela detém agente dos EUA na fronteira com Colômbia

 

Autoridades militares venezuelanas anunciaram a detenção de um agente do Departamento Antidrogas dos Estados Unidos (DEA) em um povoado fronteiriço com a Colômbia.

 

O homem apresentou às autoridades "várias documentações de diferentes nacionalidades" e finalmente disse ser um suposto "membro da DEA", disse o chefe do Comando Regional Número Um da Guarda Nacional (GN-Polícia militarizada), general Gabriel Oviedo, informou a "Radio Nacional de Venezuela" ("RNV").

 

O agente “antidrogas” estava em um carro com placas na cidade de Orope, no estado de Táchira (oeste), quando agentes do Destacamento Número 13 da GN pediram seus documentos, indicou a versão oficial.

 

Oviedo afirmou que "no primeiro momento" o homem disse aos militares que vinha de "Colômbia para visitar parentes em Maracaibo", no estado fronteiriço de Zulia.

 

Mais tarde, o homem afirmou ser "funcionário da DEA", mas os soldados da GN "encontraram em sua bagagem um passaporte francês e uma cédula venezuelana para estrangeiros", indicou o chefe militar, segundo a "RNV".

 

"Foi detido e imediatamente o caso passou à Procuradoria Militar do Ministério Público para determinar a verdadeira identidade do aprisionado", acrescentou o general Oviedo.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Venezuela lançará "míssil de guiamento autônomo"

 

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou que nos "próximos dias" o país lançará seu "primeiro míssil de guiamento autônomo", como parte do plano de modernização das Forças Armadas, que até agora formalizou a compra de aviões, helicópteros e fuzis de fabricação russa.

 

"Estamos nos preparando (...) para lançar o primeiro míssil. Isso ocorrerá nos próximos dias, logo informaremos", anunciou Chávez, em um ato do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), na cidade de Porta La Cruz (leste).

 

Ele explicou que o míssil, batizado com o nome de "dispare e esqueça", tem "vôo autônomo de 115 quilômetros", e que "pode ser comandado a mais de 100 quilômetros (de distância)".

 

Será disparado "lá por cima, por nosso mar territorial", acrescentou Chávez, que deu a entender que o teste ficará sob responsabilidade de jovens militares venezuelanos "totalmente capacitados", com a assessoria de instrutores russos.

 

*A Venezuela concretizou nos últimos dois anos a compra junto à Rússia de 24 aviões de caça Sukhoi-30 e de cerca de 50 helicópteros de artilharia por US$ 2 bilhões.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Chávez diz lamentar não ter se reunido com "Tirofijo"

 

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, afirmou que seu governo lamenta o fato de não ter se reunido com "Tirofijo", líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e cuja morte foi anunciada na última semana.

 

"Nós não estamos alegres com a morte de ''Manuel Marulanda'' ("Tirofijo"), e eu lamento não ter me reunido com ele para falar da paz, para falar do acordo humanitário na Colômbia", disse Chávez.

 

Em um ato político, Chávez qualificou como "lamentável que haja pessoas que se alegram com a morte de ''Tirofijo''". O presidente venezuelano disse ainda que espera que a morte do líder das Farc abra as portas para o reinício das negociações para concretizar a troca de prisioneiros da guerrilha por 500 de seus membros presos.

 

Além disso, reiterou sua disposição de "cooperar com o acordo humanitário, e até mesmo com um processo de paz na Colômbia".

 

Chávez e a senadora colombiana opositora Piedad Córdoba intermediaram durante quase quatro meses uma tentativa de troca de 45 prisioneiros das Farc por cerca de 500 guerrilheiros presos, mas esse trabalho foi suspenso pelo presidente colombiano, Álvaro Uribe.

 

Entre janeiro e fevereiro, as Farc libertaram e entregaram a comissões venezuelanas seis líderes políticos colombianos como um gesto de desagravo a Chávez.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Equador pede informações à Colômbia sobre assassinatos

 

A Promotoria do Equador informou que solicitou à Promotoria da Colômbia informações detalhadas sobre a incursão militar colombiana contra um suposto acampamento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em solo equatoriano em 1º de março.

 

O promotor equatoriano, Washington Pesántez, fez esse pedido ao Ministério Público da Colômbia, "durante a Convenção Interamericana sobre Assistência Mútua em matéria penal, e dentro da indagação prévia que se segue pelos supostos crimes de lesões e assassinato em Angostura".

 

Pesántez pediu em comunicado solicitado à Promotoria colombiana que seja autorizada a entrega ao Equador de informação precisa da operação como cópias certificadas "do relatório de reconhecimento do lugar e obtenção de evidências, realizadas por autoridades competentes colombianas na zona de Angostura".

 

Em 1º de março, tropas colombianas realizaram uma operação em território equatoriano onde chacinaram 26 pessoas.

 

Pesántez pediu que a Colômbia especifique "o nome do promotor" que realizou as investigações processuais nesta região que foi bombardeada pelas forças militares colombianas.

 

Ele solicitou à Promotoria colombiana "as placas de raios X tiradas pela Polícia ou pelo Exército da Colômbia dos corpos recuperados em Angostura".

 

Além disso, requereu à Promotoria colombiana "informação relativa a se existe ou não um processo ou investigação iniciada por parte dessa instituição, a respeito do falecimento de pessoas em Angostura, depois do ataque realizado pela Polícia ou o Exército da Colômbia", acrescentou o comunicado do Ministério Público em Quito.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Greve contra Morales é um fiasco

 

A greve convocada contra o governo de Evo Morales no departamento (Estado) boliviano de Chuquisaca (sul) teve como resultado interrupções parciais de serviços na cidade de Sucre, mas não conseguiu adesões consideráveis nas zonas rurais.

 

O vice-ministro da Segurança, Rubén Gamarra, disse que não foi detectada greve nas províncias do departamento, e que só em Sucre o movimento foi apoiado, devido a bloqueios de ruas realizados por veículos que cortaram o acesso à capital constitucional.

 

Segundo Gamarra, em Sucre houve até funcionários que trabalharam, mas na medida de suas possibilidades, porque, segundo sua opinião, foram feitas inúmeras pressões para que a greve pudesse ocorrer.

 

A greve foi pelo Comitê Interinstitucional (órgão de direita raivosa). No último sábado, um protesto com paus, pedras e dinamite por parte de grupos fascistas de Sucre obrigou o presidente Morales a cancelar um ato na cidade.

 

Os protestos levaram a uma onda de violência contra policiais, militares e grupos de camponeses, deixando pelo menos 30 feridos.

 

Morales reafirmou sua aliança com os militares, a três dias dos novos referendos regionais de autonomia. Ele já teve o apoio dos militares para nacionalizar os recursos energéticos e até para pagar bônus a estudantes e idosos. Na quinta-feira, encomendou aos quartéis um ambicioso plano de combate ao contrabando.

 

"É nossa obrigação dar segurança, e as Forças Armadas estão preparadas para dar segurança territorial ao povo boliviano", disse Morales.

 

Na mesma cerimônia no palácio presidencial de Quemado, o general Luis Trigo, comandante-chefe das Forças Armadas, anunciou a abertura de cinco bases para a repressão ao contrabando de combustíveis, alimentos e produtos florestais, especialmente nas fronteiras com Brasil e Peru.

 

Trigo reiterou o "firme respaldo" a Morales, que moderniza a infra-estrutura militar.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Grau de investimento reforça conservadorismo do BC

 

O Brasil acaba de receber a terceira classificação de grau de investimento. Desta vez, quem concedeu o título ao país foi a agência Fitch Rantings. É a segunda agência de classificação de risco norte-americana a conceder o grau ao Brasil.

 

Esta segunda classificação não é surpresa. A grande novidade foi quando o país recebeu a primeira titulação. Já era esperado que outras agências também contemplassem o Brasil com esta classificação, embora sempre houvesse o risco de isto não acontecer.

 

Na verdade, esta titulação é apenas a confirmação da primeira. A divulgação do superávit primário — maior do que o esperado pelo governo — e o anúncio de um superávit nominal facilitou ainda mais a obtenção da confirmação desta classificação.

 

A Moody"s é outra agência norte-americana de classificação de risco que também deve elevar o país a “investment grade”. A agência já sinalizou que aguarda uma melhora na dívida pública do Brasil para conceder-lhe esta titulação.

 

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse o grau de investimento não influencia as discussões sobre o fundo soberano, porque a decisão de criá-lo estava tomada. “Agora, ela pode até ser mais reforçada porque os países que têm grau de investimento têm mais condições de ter o fundo soberano", disse.

 

*O problema disso tudo é que a manutenção da política monetária e fiscal conservadora ganha força como condição para o Brasil não correr um risco de rebaixamento da classificação.

 

*O Brasil está ainda muito longe de um triplo A (AAA, maior classificação que um país ou investimento pode receber).

 

*Salvem as almas!



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Petrobras anuncia nova descoberta de petróleo

 

A Petrobras anunciou a descoberta de petróleo em águas rasas na parte sul da Bacia de Santos. Segundo a empresa, a perfuração do poço 1-BRSA-607-SPS (1-SPS-56) comprovou a presença de óleo leve em reservatórios acima da camada de sal, com produção estimada em 12 mil barris por dia.

 

"Esta descoberta tem grande importância devido ao potencial de produção de petróleo leve e a localização da jazida em águas rasas no extremo sul da Bacia de Santos", informou a nota da estatal.

 

Atualmente, a Petrobras produz 1,850 milhão de barris de petróleo por dia, sendo 70% desse total em óleo pesado. Segundo a assessoria de imprensa da petrolífera, não há estimativas do estoque das reservas ainda, mas a vazão do poço é "muito boa" é possibilitou a projeção da produção em 12 mil barris por dia.

 

A petrolífera afirmou que análises preliminares indicam a densidade do petróleo descoberto em 36º API (leve). A Petrobras é a concessionária exclusiva para exploração da descoberta, que fica no bloco S-40.

 

Ainda segundo informações da empresa, o poço está localizado 275 km ao sul da cidade de Santos, na costa de São Paulo, em águas onde a profundidade é de 235 m.

 

A Petrobras informou também que a descoberta foi confirmada com a produção de petróleo em teste de formação a poço revestido, em reservatórios situados a cerca de 2.080 m de profundidade.

 

Na segunda-feira passada, a empresa brasileira participou de uma descoberta de petróleo no Golfo do México, em um bloco explorado em conjunto com a italiana Eni, a Royal Dutch Shell Plc (35%), Marathon Oil Corp. (25%) e a Petrobras (25%).



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Brasil não vai revisar tratado de Itaipu, diz Marco Aurélio

 

A agência ANSA. Informa que o Brasil "não vai revisar o Tratado de Itaipu" com o Paraguai, disse em Montevidéu Marco Aurélio Garcia, assessor especial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para Assuntos Internacionais, que viajará em junho a Assunção para "discutir globalmente" o tema.

 

"Não iremos revisar o Tratado, não haverá mudanças", disse Marco Aurélio, vice-presidente do PT, em uma entrevista publicada nesta quarta-feira pelo jornal La Diária.

 

*O presidente eleito Fernando Lugo, que assumirá no dia 15 de agosto, disse na semana passada em Montevidéu que o Paraguai quer um "preço justo" em matéria energética.

 

“O Paraguai é o único país na região com excedente energético e Assunção pede ao Brasil que revise o Tratado de Itaipu porque considera insuficiente o preço recebido pela energia.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Nova aérea brasileira mostra pintura de seus jatos

 

A Azul, nova companhia aérea brasileira, apresentou a pintura de seus aviões, que devem estar em operação no início de 2009. O nome da empresa esta escrito em azul escuro e, ao lado, há uma imagem simbolizando o mapa do Brasil. As aeronaves utilizadas pela nova aérea serão o modelo 195 da Embraer.

 

A Azul é a primeira empresa aérea de capital nacional a contratar uma equipe de executivos "multinacional". O primeiro avião da companhia, que vai operar inicialmente apenas com modelos Embraer 195, deve chegar em 5 de dezembro.

 

Já o primeiro vôo deve ocorrer apenas em janeiro.  A nova companhia, que receberá investimentos de US$ 150 milhões, enfrentará concorrência da TAM e do grupo Gol. Juntas, as duas empresas comandam cerca de 90% do mercado doméstico de aviação brasileiro.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Copom elevará Selic em 0,50, 0,75 ou 1 ponto em junho

 

O Banco Central (BC) consultou 29 instituições financeiras e 19 disseram que o Comitê de Política Monetária (Copom) repetirá o aumento de 0,50 ponto percentual da Selic na reunião de junho. Nove falaram em alta de 0,75 ponto e um em 1 ponto de aumento.

 

Os argumentos da maioria são de que o centro da meta deste ano já foi superado e que agora o alvo do BC é 2009. E, como as expectativas para o ano que vem estão mais baixas, não haveria tanta pressa da política monetária.

 

Os que aguardam uma alta mais forte dizem que, embora sem condições de reverter significativamente as expectativas deste ano — já que a política monetária tem uma defasagem de 6 a 9 meses —, o BC não quer dar brechas para nenhuma especulação de brandura com a inflação.

 

*Quando esta turma fala, o BC se curva.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h22
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Cuba quer que UE suspenda sanções em junho

 

O governo cubano quer que a União Européia (UE) suspenda em junho as sanções à ilha, porque, caso contrário, segundo seu embaixador em Bruxelas, Elio Rodriguez, "seria um sinal de falta de interesse em tratar Cuba como o resto do mundo".

 

A UE deve revisar em junho, como faz periodicamente, as sanções diplomáticas impostas a Havana em 2003. Para isso, deve superar as reservas da República Tcheca e do Reino Unido.

 

Com a proximidade das reuniões, Rodriguez afirmou que "parece que a maioria dos países está consciente de que é necessário dar esse passo".

 

"Assim, seriam criadas condições para avançar em todos os temas, inclusive direitos humanos, onde não temos nada a esconder", disse o diplomata.

 

O clima político "positivo" que seria gerado também favoreceria as relações comerciais e de cooperação, acrescentou.

 

"Eu estou dizendo às autoridades européias que se as sanções não forem suspensas em junho, o sinal político que Cuba receberia seria o de uma falta de interesse de vontade real da UE em tratá-la como o resto do mundo", declarou.

 

Cuba é o único país da América Latina que não tem relação institucional e de troca com a UE desde o estabelecimento das relações diplomáticas, em 1988.

 

O embaixador também deixou claro que Havana deseja "ter uma relação plena com a UE na base da igualdade, na não ingerência em assuntos internos e no respeito mútuo", e ressaltou que "nenhum país aceitaria se sentar com um parceiro que lhe aplicasse sanções, assim como Cuba não fará".



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Cuba anuncia visita de Amorim para discutir comércio

 

Cuba anunciou uma visita do chanceler brasileiro Celso Amorim nesta quinta-feira (29), junto a uma delegação de empresários para fortalecer a relação comercial com a ilha, segundo comunicado oficial.

 

"Esta visita contribuirá para fortalecer os laços de amizade e colaboração existentes entre ambos países e servirá, além disso, para examinar outros temas de interesse regional e internacional", afirma o texto publicado pelo jornal Granma.

 

Além de atividades econômicas, Amorim fará uma reunião de trabalho com Pérez Roque e com o presidente da Assembléia Nacional do Poder Popular (Parlamento), Ricardo Alarcón. E visitará a Escola de Cinema em San Antonio de los Baños, 25 km de Havana.

 

No próximo sábado, se reunirá com o ministro do Comércio Exterior, Raúl de la Nuez, e visitará a sede do Partido Comunista de Cuba (PCC).

 

O objetivo da viagemé principalmente comercial e econômico, para dar seqüência ao que foi acertado na visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Cuba, em janeiro passado.

 

A delegação inclui empresários, principalmente no setor da construção e do petróleo, e os acordos também abrangerão produtos médicos, de infra-estrutura, mineração e equipamentos agrícolas.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Magnata Murdoch prevê "lavada" eleitoral democrata

 

O magnata da mídia Rupert Murdoch, presidente-executivo do conglomerado Newscorp, previu uma esmagadora vitória do Partido Democrata na eleição norte-americana de novembro, em grande parte devido às perspectivas econômicas sombrias para os próximos 18 meses.

 

Em entrevista a dois repórteres do seu Wall Street Journal, durante uma conferência anual do setor de alta tecnologia, Murdoch demonstrou muito interesse pela candidatura de Barack Obama, embora não tenha manifestado apoio.

 

Na opinião de Murdoch, tanto Obama quanto McCain, que será o candidato republicano, enfrentam vários problemas, mas McCain terá mais dificuldades devido à ligação de seu partido com o governo. Para Obama, que é negro, haverá a questão racial, mas "parece que ele supera isso, supera totalmente".

 

O empresário costuma ser associado a políticas conservadoras, mas é famoso por seu pragmatismo, o que o faz mudar apoios quando detecta alterações nos movimentos eleitorais.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Cratera do Metrô: laudo apontaria aceleração de obra

 

Os técnicos do Instituto de Pesquisa Tecnológicas (IPT) devem divulgar na próxima semana o laudo sobre as causas do colapso que levou ao desabamento de um dos túneis da futura Estação Pinheiros do Metrô.

 

De acordo com o Jornal da Globo, o documento vai confirmar que houve um aceleração no ritmo da obra. O túnel da estação que desmoronou teria tido o sentido da escavação invertido, mas as medidas de segurança necessárias não teriam sido tomadas.

 

No dia 12 de janeiro de 2007, um desabamento nas obras da Linha 4 matou sete pessoas que passavam pelo local. O acidente danificou casas da região com rachaduras nas paredes e no teto, deixando pessoas desabrigadas. A estação, que deveria ser inaugurada no final de 2009, só deverá ser concluída em 2011, com cerca de dois anos de atraso.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 02h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Família de Victor Jara pede reabertura de processo

 

O advogado da família do cantor e diretor de teatro chileno Víctor Jara, assassinado em 1973, solicitou hoje à Corte de Apelações de Santiago a reabertura da investigação sobre sua morte.

 

O processo que apura as circunstâncias do crime contra Jara foi encerrado por um juiz no último dia 15.  O advogado Nelson Caucoto, que chegou ao tribunal de Santiago acompanhado da viúva do cantor, Joan Jara, e da filha do mesmo, Amanda, afirmou que há mais de 100 diligências pendentes no caso.

 

O juiz Juan Eduardo Fuentes Belmar encerrou o processo que investiga a morte do cantor e diretor de teatro chileno apontando um único acusado pelo homicídio, o coronel reformado do Exército Mario Manríquez Bravo.

 

Bravo dirigiu o campo de prisioneiros em que foi transformado o Estádio Nacional de Santiago do Chile, onde Víctor Jara foi assassinado em 15 de setembro de 1973.

 

A decisão do juiz não agradou a promotoria, que alegou que não foram checadas todas as denúncias sobre o caso e que o crime envolveria mais de uma pessoa.

 

*Víctor Jara foi brutalmente golpeado e torturado antes de ter sido assassinado com 44 tiros.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 11h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

Protocolo do Psol contra Paulinho é oportunismo

 

A decisão do Psol de protocolar, na mesa diretora do Senado, uma representação contra o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força, é uma dessas ações política que não têm outro nome que não seja oportunismo.

 

Paulinho disse, em entrevista à TV Brasil, que pretende provar a todos os deputados que foi vítima de uma "armação política". Paulinho disse que pediu ao presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), que o processo contra ele fosse levado ao Conselho de Ética, para ter a oportunidade de se defender.

 

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados aprovou, por unanimidade, o pedido de abertura do processo de cassação de mandato do deputado.

 

"Como não tem nada contra mim eu já abri os meus sigilos fiscal, bancário e telefônico e a pessoa que me citou (nas gravações e documentos obtidos pela Polícia Federal na Operação Santa Tereza) disse que me citou indevidamente - quero ir para o Conselho de Ética, para ter a oportunidade de  explicar a toda população brasileira e, principalmente, aos trabalhadores sobre essa armação política que me fizeram, devido ao trabalho que venho realizando no Congresso em defesa dos trabalhadores", disse o deputado.

 

De acordo com Paulinho, sua imagem política não deve ficar abalada. "Tive apoio de todas as centrais sindicais, de trabalhadores e de partidos de esquerda. Acho que essas denúncias têm até me dado oportunidade de falar mais com essas pessoas e, à medida que essas pessoas vão percebendo que tudo isso é uma armação, vão ficando do meu lado", disse.

 

Outra ação esquisita é a da Procuradoria-Geral da República, que pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) abertura de inquérito para investigar o caso.

 

Por trás de tudo, está o impoluto corregedor-geral da Câmara, Inocêncio Oliveira (PP-PE), que criticou o novo presidente do Conselho de Ética, deputado Sérgio Moraes (PTB-RS). Moraes disse que dará em até 15 dias um encaminhamento para o caso.

 

*Que há um conluio contra Paulinho não resta a menor dúvida.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 11h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Diferenças estruturais dificultam Aliança Aécio-Pimentel

 

Apesar do veto da Executiva Nacional do PT, o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB) e o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), apostam na manutenção da aliança para as eleições à prefeitura da capital mineira.

 

O governador e o prefeito manifestaram na quarta-feira esperança de que a decisão petista seja revista, principalmente depois do aval que receberam do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na terça-feira, quando esteve em Minas Gerais.

 

"Tenho conversado com meus companheiros do diretório nacional, com esperança de mudar a decisão da Executiva. Temos ao nosso lado pessoas muito importantes na vida partidária. Estamos trabalhando com a expectativa de uma vitória", afirmou o prefeito.

 

Entre as "pessoas muito importantes", Pimentel inclui o próprio presidente Lula, que se reuniu com ele e com Aécio na capital mineira e reafirmou seu apoio à coligação.

 

"(O presidente) é inteiramente solidário com o movimento que fazemos aqui. Além da fala pública, algumas ações ele deve estar fazendo, mas não me perguntem que tipo de ação, porque seria ferir a confiança com a qual ele me privilegia", disse o prefeito.

 

"É uma posição política importante. Agora, o reflexo dela na direção nacional do PT nós vamos ter que aguardar", completou Aécio.

 

 

*Creio que a maior dificuldade para esta aliança é a diferença estrutural que existe entre os dois partidos.

 

*Sobre isso, escrevi uma coluna no Portal Vermelho, initulada "PT versus PSDB: muito mais do que polarização".

 

Leia aqui:

 

http://www.vermelho.org.br/diario/2006/0308/bertolino_0308.asp?NOME=Osvaldo%20Bertolino&COD=5459



Escrito por Osvaldo Bertolino às 10h53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Quito investiga incursão de colombianos no Equador

 

O Exército do Equador investiga a possível incursão de um grupo de supostos paramilitares da Colômbia na localidade equatoriana de San Martín, na região amazônica, de onde teria sido levados três cidadãos colombianos.

 

Habitantes da região informaram a militares equatorianos que cerca de 30 pessoas vestidas com uniformes de camuflagem e com fuzis chegaram na última segunda-feira a San Martín, povoado situado no nordeste do Equador, na província amazônica de Sucumbíos.

 

Parentes dos três colombianos supostamente seqüestrados pelo grupo armado, oriundos da população de Puerto Asís, no departamento (estado) de Putumayo, perto da fronteira com o Equador, denunciaram o fato ao escritório local do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur).

 

Um porta-voz do Acnur confirmou que o órgão tinha recebido a denúncia, e indicou que seus representantes se reunirão com um comitê de emergência, formado por autoridades civis e militares, para estudar o assunto.

 

Também declarou que não possui informações sobre deslocamentos de população nessa região da fronteira, algo que costuma ocorrer quando aumenta a violência na parte colombiana.

 

Segundo os habitantes locais, os paramilitares chegaram do país vizinho na última segunda-feira à noite e permaneceram no local por mais de uma hora.

 

Nesse período, detiveram vários colombianos, que foram submetidos a torturas e interrogatórios sobre supostos vínculos com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

 

Os criminosos levaram três refugiados colombianos, que acusaram de ter ligações com as Farc. A ação teria sido realizada por grupos paramilitares que combatem as Farc em Putumayo, departamento fronteiriço com o Equador.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 10h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Fisher, do Fed, diz que juros podem subir em breve

 

O Federal Reserve provavelmente aumentaria as taxas de juros "mais cedo do que mais tarde" se a inflação piorar, mesmo que a economia norte-americana siga fraca, afirmou o presidente do Fed de Dallas, Richard Fisher.

 

"Se os desenvolvimentos inflacionários e, mais importante, as expectativas de inflação, continuarem a piorar, eu esperaria que ocorresse uma mudança na política monetária mais cedo do que mais tarde, mesmo que diante de um cenário econômico anêmico", afirmou Fisher.

 

*É uma claro sinal de que a economia dos Estados Unidos mergulhou numa crise de difícil solução.

 

*As conseqüências para o mundo ainda são imponderáveis.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 10h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Bush pede paciência e promove chacina no Iraque

 

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, pediu paciência com a situação no Iraque e citou como exemplo a Segunda Guerra Mundial.

 

"Não devemos nos impor somente pelas armas, mas na batalha das vontades. Precisamos reconhecer que a única maneira de os Estados Unidos perderem a guerra é se nós mesmos nos derrotarmos", disse Bush em uma cerimônia no estado do Colorado.

 

"Ajudamos Alemanha e Japão a construir sociedades livres e economias sólidas. Esses esforços pediram tempo e paciência, e como resultado, a Alemanha e o Japão adquiriram liberdade e prosperidade", afirmou, hipocritamente.

 

"Hoje em dia ajudamos as democracias emergentes a se reconstruir sob o fogo das redes terroristas e dos Estados patrocinadores do terrorismo. É uma tarefa difícil e sem precedentes, e aprendemos à medida que avançamos", explicou.

 

Enquanto isso, tropas norte-americanas matam dez "criminosos" em Bagdá. A versão do comando norte-americano, parecida com as que a ditadura militar usava no Brasil, afirma que os "criminosos" foram surpreendidos pelos soldados quando colocavam uma bomba em uma estrada.

 

Também no Afeganistão, mais de 20 “talibãs” morreram por causa de dois ataques aéreos

 

O fascista também disse que ficou "desconcertado" e "decepcionado" pelas duras críticas feitas no livro de memórias do ex-porta-voz da Casa Branca Scott McClellan.

 

Segundo Dana Perino, atual porta-voz do governo americano, Bush "está desconcertado e disse que este não é o Scott McClellan que ele contratou, confiou e com o qual trabalhou durante tantos anos".

 

McClellan disse que pouco antes do início da guerra do Iraque, a Casa Branca tomou "a decisão de se afastar da franqueza e da honestidade no momento em que essas qualidades eram mais necessárias".

 

O livro também contém críticas à reação do governo ao furacão Katrina em 2006.

 

"Durante uma semana, ninguém queria reconhecer a gravidade do que estava acontecendo", diz a obra.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 10h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Bono protesta no Japão contra a pobreza mundial

 

O vocalista da banda irlandesa U2, Bono, e vários outros artistas protestaram hoje em Yokohama (centro do Japão) junto com cerca de 1.500 pessoas contra a pobreza no mundo.

 

Os participantes do evento, conhecido como "One for All" ("Um por Todos"), se reuniram para pedir aos líderes dos países mais industrializados que mantenham sua promessa de ajudar as pessoas que vivem na pobreza, antes da Cúpula do G8 em Hokkaido (norte do Japão), em julho.

 

Antes do protesto, Bono e Juanes se reuniram por meia hora e discutiram os problemas que afetam África e América Latina.

 

O protesto coincidiu com a segunda jornada da Conferência Internacional para o Desenvolvimento da África, que acontece em Yokohama, e que conta com a presença de representantes de 52 países africanos.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 10h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

Ministro defende 50% de vaga universitária à rede pública

 

O ministro da Educação, Fernando Haddad, defendeu ontem o projeto de lei que prevê a reserva de 50% das vagas das instituições federais e estaduais de ensino superior para alunos da rede pública de ensino. Para ele, as reservas precisam ser feitas para estudantes de escolas públicas, sejam brancos ou negros.

 

O Projeto de Lei 73/99, de autoria da deputada Nice Lobão (DEM- MA), deve ser analisado na próxima semana pela Câmara dos Deputados. A proposição foi o tema da reunião de líderes realizada ontem na Câmara.

 

O ministro da Educação, Fernando Haddad, saiu otimista do encontro. "Foi um debate de ótimo nível. A discussão no Parlamento está amadurecida. O momento é oportuno em virtude da expansão da vagas das universidades públicas no Brasil. Isso favorece o debate sobre reserva de vaga", disse Haddad.

 

De acordo com Haddad, o número de vagas em universidades federais saltará de 124 mil em 2002 para 229 mil em 2010. O ministro disse, também, que alguns esclarecimentos foram importantes para formar convicções sobre a questão da precedência das reservas de vagas para a escola pública. A questão racial, segundo relatou, é a grande dificuldade em votar projetos de cotas nas universidades.

O entendimento do governo continua sendo o mesmo. "Os brancos de escolas públicas têm os mesmos direitos dos negros de escola pública. Portanto, a reserva é para elas", disse.

 

O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse que as bancadas vão rediscutir o tema a partir das informações levadas pelo ministro. E confirmou a intenção de votar o projeto já no início de junho.

 

O coordenador nacional da Rede Educação e Cidadania para afro-descendente e carentes (Educafro), Thiago Tobias, garantiu que a destinação de 50% das vagas para as escolas públicas é consenso nos movimentos sociais.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 10h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

Governo alemão e CE atribuem a pobres danos à natureza

 

Danos a florestas, rios, vida marinha e outras reservas naturais podem reduzir pela metade os padrões de vida das populações pobres do planeta, deverá concluir um estudo a ser divulgado durante a Convenção sobre Diversidade Biológica que está sendo realizada nesta semana em Bonn, na Alemanha.

 

Segundo a pesquisa The Economics of Ecosystems and Biodiversity (TEEB), ou A Economia de Ecossistemas e Biodiversidade em tradução livre, os atuais índices de declínio na natureza podem reduzir o PIB (Produto Interno Bruto) global em cerca de 7% até 2050.

 

A iniciativa de realizar o estudo foi lançada pelo governo alemão e a Comissão Européia (CE) quando a Alemanha estava na Presidência do G-8 — até meados do ano passado — e segue o modelo do relatório Stern, encomendado pelo governo britânico e publicado em 2006, que faz uma análise do impacto das mudanças climáticas sobre a economia mundial.

 

*Há algum tempo, escrevi uma coluna no Portal Vermelho sobre a hipocrisia destes disganósticos.

 

Leia aqui:

 

http://vermelho.org.br/base.asp?texto=17455



Escrito por Osvaldo Bertolino às 10h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Crescem protestos contra aumento dos combustíveis

 

Os protestos contra o aumento dos preços dos combustíveis se intensificaram ontem (28), com novos atos de agricultores, fechamentos de estradas, um movimento europeu de pescadores que se propaga pela Europa e novas manifestações na Indonésia.

 

Dezenas de agricultores, dos quais alguns puxavam um trator com uma corda, protestaram nas ruas do centro da cidade francesa de Lille (norte).

 

Os pescadores multiplicaram suas ações, apesar da pressão crescente dos distribuidores e da justiça. Eles se reuniram no oeste do país e despejaram três toneladas de peixe na calçada. Em Perpignan (sul), cerca de cinquenta pescadores distribuíram frutos do mar às pessoas.

 

Na Espanha, a "greve ilimitada" dos pequenos proprietários pescadores continua nos portos catalães de Barcelona, Port de la Selva e Vilanova (nordeste). Pescadores não foram ao mar na Andaluzia (sul).

 

O sindicato de trabalhadores espanhóis do setor de transportes em estradas Fenadismer anunciou uma greve por tempo ilimitado a partir de 8 de junho à meia-noite.

 

Os pescadores portugueses, que se reuniram durante o dia com o ministro do setor, também deverão dar início a uma greve na próxima sexta-feira. Segundo um representante dos pescadores, a paralisação do setor deverá ser "total", à exceção dos arquipélagos dos Açores e da Madeira, onde o preço dos combustíveis é mais baixo.

 

Na Itália, as associações de pescadores também anunciam greve. Movimentos de caminhoneiros também foram registrados na Bulgária e Holanda.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 10h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Frango ajuda Flu na Argentina

 

O goleiro Migliore foi o grande responsável pelo empate por 2 a 2 entre Boca Juniors e Fluminense pelas semifinais da Copa Libertadores.

 

Em sua edição de hoje (29), o jornal Olé ironizou o "frango" do goleiro no segundo gol do time carioca, marcado por Thiago Neves.

 

"Aguante", escreve o jornal em sua primeira página, com a letra "a" em destaque, junto à foto do lance.

 

A expressão é uma junção das palavras "guante", que significa luvas, e água, completando um sentido próximo de luvas escorregadias. "Aguante" também significa paciência.

 

No texto, o jornal lembra que o goleiro do Boca falhou quando o Boca jogava melhor e buscava o "terceiro e quarto gol". "Migliore aplaudiu e a bola ganhou um efeito para terminar no fundo das redes e silenciar uma torcida ansiosa", completa.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 10h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Ponte e agentes históricos

 

  Estive ontem na tal “ponte estaiada” recém-inaugurada na Zona Sul de São Paulo. A obra impressiona. Além de gigantesca, a arquitetura é de tirar o chapéu.

 

Os trabalhadores, dirigidos por sindicatos majoritariamente ligados à Força Sindical, ocuparam literalmente o local. A Força Sindical mostrou poder de mobilização.

 

Dava gosto ver aquele povão, trabalhadores normalmente de origem nordestina que pegam no pesado diariamente, com a felicidade de serem, naquele momento, importantes agentes sociais, verdadeiros cidadãos.

 

Um dirigente sindical — não lembro qual — disse, com muita propriedade, que aquela bela ponte, onde teria morrido três trabalhadores durante a construção, estava sendo na verdade inaugurada naquele momento. Inaugurada pelo povo.

 

Disse ainda que as fotos daquela manifestação ficariam como testemunhas de um fato importante para a história brasileira.

 

Bonito.    



Escrito por Osvaldo Bertolino às 08h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Futebol carioca decepciona

 

 Nos dois jogos pela Copa do Brasil, realizados ontem, os favoritos clubes cariocas negaram fogo.

 

É certo que o Botafogo perdeu nos pênaltis, quando a sorte conta muito, mas o time mostrou, no mata-mata, imaturidade psicológica para jogos decisivos.

 

É a terceira vez que isso ocorre neste ano — no primeiro turno e na decisão do campeonato carioca contra o Flamengo, e agora.

 

No Vasco da Gama, o jogador Edmundo mostrou, ao bater e perder aquele pênalti de maneira tão displicente, que já não joga mais com o mínimo de seriedade que o futebol exige.

 

Outra observação é a pressão que Corinthians fez ontem sobre a arbitragem. O Sport do Recife, um clube do “interior” na visão limitada de muitos paulistanos, que se cuide.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 08h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Hoje é um dia histórico para os trabalhadores

 

Logo mais, às 7hs, começa a maratona do “Dia Nacional de Lutas e Mobilizações”, promovido pelas centrais sindicais.

 

A CTB participa, daqui a pouco, de um ato na grande ponte recém-inaugurada em São Paulo, na Zona Sul, depois se concentra para várias atividades no centro da cidade.

 

Os departamentos de comunicação estarão reunidos na sede da UGT, a partir de meio dia, para preparar um balanço que será apresentado pelos presidentes das centrais em entrevista coletiva, às 16hs. Estarei atualizando o Portal da CTB, assim que chegarem as notícias dos Estados.

 

Os trabalhadores brasileiros voltam a se mobilizar, num momento histórico para o país. Desde 1978, quando estourou a greve na Scania interrompendo um ciclo de repressão que começou em 1968 depois das greves em Contagem (MG) e Osasco (SP), o movimento sindical brasileiros tem procurado se unificar.

 

Foi uma trajetória difícil, mas vitoriosa. Hoje, com Lula na Presidência da República, as centrais se unem para defender bandeiras importantes para a classe trabalhadora, como a redução da jornada de trabalho e a ratificação das convenções 151 e 158 da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

 

*Em todo o país, a CTB promete mostrar a que veio.

 

*Boa sorte para todos nós, trabalhadores brasileiros, neste dia histórico!



Escrito por Osvaldo Bertolino às 04h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Camilo Guevara: esquerda no poder é tributo a Che

 

Camilo Guevara, o filho mais velho de Che Guevara , disse que a chegada de governos de esquerda ao poder na América Latina é um tributo à luta de seu pai.

 

"É uma grande homenagem à vida e à luta de Che. Há grandes mudanças. Chegaram ao poder pessoas, partidos, organizações sociais que estão dispostas a mudar o panorama político, social e econômico destas nações (latino-americanas)", disse.

 

Ele mostrou alegria pelo prêmio recebido pelo ator porto-riquenho Benicio del Toro no Festival de Cannes por sua interpretação do líder revolucionário no filme "Che", de Steven Soderbergh.

 

"Benicio é um excelente ator. Tomara que continue bem em sua vida e em sua carreira", disse Camilo Guevara.

 

Mesmo assim, afirmou que não podia opinar sobre o filme, pois não tinha visto a versão final exibida no famoso festival francês.  Ainda falou sobre a "obra-prima" que está sendo filmada pelo diretor argentino Tristán Bauer após 12 anos de pesquisa e cujo título é "Ernesto Guevara".

 

"Estamos fazendo um documentário com Tristán Bauer que será excelente, que vai revelar muitas coisas. As pessoas vão conhecer um ''Che'' inclusive até diferente. Porque não conhecem essa parte", explicou.

 

"É um documentário muito sério, mas muito atrativo. Vai ser uma obra, acho que, de mestre. Vai ser uma obra que marcará Tristán e que dificilmente será superada. É muito interessante no que se refere à informação, inclusive às imagens e aos textos. O ''Che declama inclusive poemas", acrescentou.

 

O diretor acredita que o documentário deve durar cerca de 100 minutos e pretende mostrar aspectos desconhecidos da personalidade de Che Guevara.

 

Camilo Guevara estava, hoje, em Viena para assistir à inauguração de uma exposição fotográfica na Galeria Westlicht, organizada em comemoração ao 80º aniversário do nascimento de seu pai, em 14 de junho.

 

"A exposição é uma homenagem muito bem feita, muito linda, são obras de grandes mestres da fotografia. Não é só do ''Che'', mas parte da história de Cuba", resumiu Camilo Guevara.

 

Para ele, a imagem do pai também foi banalizada, com fins comerciais, algo que ele considera como "muito cínico".  



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Morales comenta ataque de grupo fascista em Sucre

 

 O presidente da Bolívia, Evo Morales, comentou as agressões sofridas por militares no sábado passado em Sucre. O presidente teve de cancelar uma visita à cidade.

 

Em um ato realizado em La Paz pelo aniversário do regimento dos Colorados, a segurança presidencial, Morales expressou seu "repúdio a algumas famílias que ofendem" os soldados bolivianos, em referência aos ataques de sábado passado.

 

"É importante que nossos soldados sejam respeitados", afirmou o presidente, que reiterou que há famílias que não querem "igualdade" e "ofendem" as Forças Armadas do país.

 

No sábado passado, grupos fascistas, armados com paus, pedras e bananas de dinamite, enfrentaram policiais e militares em Sucre, que tiveram que se retirar por ordem do governo para evitar mais violência.

 

O ministro de Governo (Interior), Alfredo Rada, disse à rádio "Erbol" que o Executivo subestimou a personalidade violenta dos "grupos de choque" de Sucre, vinculados, a um comitê fascista liderado pelo reitor universitário Jaime Barrón.

 

Ele lidera a violenta e racista organização autodenominada Comité "Klan Interinstitucional”, mais conhecido como “Império Invisível Boliviano”.

 

O ex-presidente da Bolívia Carlos Mesa meteu a colher ao dizer que há uma "multiplicação da violência".

 

"Quando uma nação chega a momentos como o que vivemos há alguns dias na capital da República, há algo que está funcionando mal intrinsecamente", declarou Mesa, que presidiu a Bolívia entre 2003 e 2005.

 

A crise com este grupo fascista começou em agosto de 2006, quando a Constituinte foi instalada. A oposição tentou travá-la como pôde. Até que lançam a idéia de devolver os poderes Executivo e Legislativo para Sucre.

 

Quando os governistas decidiram excluir esse tema dos debates, em agosto do ano passado, começou a revolta. O regionalismo e o racismo chegaram ao extremo. Quando o governo resolveu reinstalar a Assembléia, estourou a violência. Três pessoas morreram.

 

Veja no vídeo abaixo a violência deste grupo racista:



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Ataque de grupo fascista na Bolívia



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PC da Venezuela aplaude líderes das Farc

 

 O plenário do Comitê Central do Partido Comunista da Venezuela (PCV) se despediu com aplausos do líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Pedro Antonio Marín, o "Tirofijo", informou o dirigente comunista Oscar Figueras.

 

Assim que as Farc confirmaram neste domingo a morte de seu líder em um vídeo entregue à emissora "Telesur", em Caracas, membros do partido prestaram "um minuto de aplausos no plenário do Comitê Central do PCV à memória de ''Tirofijo'' e a todos os mortos na luta contra a oligarquia colombiana", declarou Figueras à rede de televisão "Globovisión".

 

Figueras disse que, entre o PCV e as Farc, "não existe uma vinculação do ponto de vista político e não há nenhum tipo de ajuda militar (...), mas há coincidência de propósitos políticos, já que navegam no grande rio da unidade continental".

 

O dirigente comunista deixou claro que "não é verdade" que as Farc se tornaram um cartel de narcotráfico ou um grupo terrorista, dizendo que, como "todas" as organizações de "resistência militar e ideológica", elas são "alvo das matrizes midiáticas do imperialismo".

 

"Não condenamos a forma de luta armada, porque é parte das formas de luta frente um Estado que fecha as vias democráticas", disse.

 

Figueras também falou dos “atos terroristas” atribuídos às Farc. "Podem ser condenados como um fato geral, mas não me consta que as Farc os tenham feito", disse.

 

O PCV também se despediu com um minuto de aplauso de "Raúl Reyes", outro líder das Farc, morto em 1º de março após um ataque do Exército colombiano a um acampamento de guerrilha em território equatoriano.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Fidel não guarda silêncio sobre Obama

 

 Em um novo artigo intitulado "A política cínica do império", publicado hoje pela imprensa cubana, o líder revolucionário cubano Fidel Castro enfatizou que "não seria honesto" de sua parte "guardar silêncio depois do discurso de Obama na tarde de 23 de maio".

 

Fidel Castro disse que não sente "rancor" em relação ao pré-candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Barak Obama, mas que não teme "criticá-lo".

 

Fidel rebateu afirmações de Obama, que atribuiu à "Revolução Cubana um caráter antidemocrático e carente de respeito à liberdade e aos direitos humanos".

 

O ex-presidente lembrou que essas palavras foram pronunciadas "diante da Fundação Cubano-Americana, criada por Ronald Reagan".

 

"Escutei (Obama) como fiz com o de (John) McCain (candidato republicano) e o de (George W.) Bush. Não guardo rancor em relação a sua pessoa, porque não foi responsável pelos crimes cometidos contra Cuba e a humanidade. Se o defendesse, faria um enorme favor a seus adversários", disse.

 

Os argumentos de Obama, segundo Fidel, são os mesmos "que, quase sem exceção, utilizaram as administrações dos Estados Unidos para justificar seus crimes contra nossa pátria".

 

"O bloqueio mesmo, por si só, é genocida. Não desejo que as crianças americanas se eduquem nessa ética vergonhosa", disse.

 

Fidel questionou a conduta histórica dos Estados Unidos em 10 pontos. Entre eles, perguntou se "é correto" que "o presidente dos Estados Unidos ordene o assassinato de qualquer pessoa no mundo, seja qual for o pretexto" e se "é ético que ordene torturar outros seres humanos".

 

"Não questiono a aguda inteligência de Obama, sua capacidade polêmica e seu espírito de trabalho", disse Fidel, enfatizando que "na boa vontade e disposição das pessoas há infinitos recursos que não se guardam nem cabem nas abóbadas de um banco. Não emanam da política cínica de um império".



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Daniel Ortega diz que Obama pode ser assassinado

 

 O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, disse no domingo que teme pela segurança do democrata Barack Obama, pré-candidato à Presidência dos Estados Unidos.

 

"Ele está se movendo para conquistar o governo de um império. Já viu o que acontece aos que tentam implementar mudanças? Como assassinaram Kennedy?", disse Ortega.

 

"Tudo indica que (Obama) será (candidato à presidência), a não ser que o assassinem. Temo esta possibilidade, infelizmente os Estados Unidos são assim", disse o presidente.

 

O pré-candidato democrata gerou polêmica recentemente, ao dizer que estaria disposto a se reunir com líderes de países hostilizados pelos Estados Unidos, como o Irã e Cuba.

 

"Obama tem de cuidar de sua segurança(...) Há grupos racistas, totalmente extremistas, e as armas são compradas como confeitos (nos Estados Unidos)", disse Ortega.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Farc não precisaram da Venezuela para ser as Farc, diz Maduro

 

 Ao comentar a morte do líder guerrilheiro Manuel Marulanda, o chanceler venezuelano, Nicolás Maduro (foto acima), disse que a relação das autoridades do seu país com as Farc ocorreu apenas para atender a um pedido do governo colombiano.

 

"Marulanda jamais precisou da Venezuela para ser Marulanda, nem as Farc precisaram da Venezuela para ser as Farc. A guerrilha colombiana é um fenômeno antigo e, inclusive, vai mais além do fenômeno guerrilheiro da América Latina, que surgiu após a vitória da revolução cubana", em 1959.

 

Entre agosto e novembro de 2007, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, agiu como mediador para a troca de prisioneiros da guerrilha por guerrilheiros, até o líder colombiano, Alvaro Uribe, suspender tal mediação.

 

Logo depois, ocorreu a chacina no Equador, quando outras trocas estavam em andamento. A Colômbia lançou acusações contra a Venezuela citando “informações” do computador de Raúl Reyes, que, ao que tudo indica, foi violado.

 

No domingo passado, as Farc anunciaram que Manuel Marulanda morreu no dia 26 de março passado, em conseqüência de um ataque cardíaco.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

Criminosos de regimes militares da Argentina e Chile vão a julgamentos

 

 O general da reserva Luciano Benjamín Menéndez, considerado um dos mais temíveis ex-comandantes da ditadura argentina (1976-83), será julgado a partir desta terça-feira por crimes cometidos no campo de concentração "La Perla" e em outros centros de extermínio da província de Córdoba (centro).

 

Menéndez, também conhecido como "Cachorro" ou "a Hiena de La Perla", que completará 81 anos durante as audiências, estará sentado no banco dos réus junto com outros sete militares, como parte de um processo por assassinatos, privação ilegítima da liberdade e torturas cometidas em quatro pessoas.

 

Menéndez foi acusado em 1994 pela justiça de Roma pelo desaparecimento de cidadãos italianos na Argentina e acusado de genocídio pela justiça espanhola.

 

Entre 1975 e 1979, Menéndez foi chefe do Terceiro Corpo do Exército, com jurisdição sobre províncias do centro e do noroeste do país, uma das regiões onde recrudesceu o terrorismo de Estado

.

Será também julgado por crimes cometidos como parte do Plano Cóndor, de coordenação entre as ditaduras do Cone Sul nos anos 70.

 

A ferocidade do ex-comandante da ditadura ficou imortalizada por uma charge de 1984, retratando-o em posição de combate, com roupa de camuflagem e empunhando uma faca de pára-quedista, a ponto de agredir manifestantes às portas de um canal de televisão.

 

Em 1988 havia sido processado por 47 casos de homicídio, 76 de torturas, quatro deles seguidos de morte e quatro roubos de bebês, mas foi beneficiado em 1990 por um indulto do ex-presidente Carlos Menem (1989-99).

 

Nesse julgamento, os acusados deverão responder pelo seqüestro em novembro de 1977 dos militantes políticos Humberto Brandalisis, Carlos Lajas, Raúl Cardozo e Ilda Flora Palacios.

 

Os quatro, vistos em "La Perla", foram logo assassinados a sangue frio em 15 de dezembro de 1977, numa tentativa dos militares de simular um confronto, segundo depoimentos de sobreviventes.

 

"La Perla", a oeste de Córdoba, foi um dos maiores centros clandestinos, onde foram torturados e desapareceram pelo menos 2.500 adversários políticos do regime ditatorial e onde funciona agora um Museu da Memória.

 

Brandalisis, Lajas e Cardozo prosseguem desaparecidos enquanto que o corpo de Palacios pôde ser identificado numa fossa comum e entregue em 2004 a suas filhas Soledad e Valeria.

 

Segundo o livro "Nunca Mais", que copilou depoimentos e foi base do histórico julgamento das Juntas Militares em 1985, Menéndez supervisionou pessoalmente torturas e fuzilamentos de presos políticos.

 

Além de Menéndez, serão julgados o coronel da reserva e chefe da Inteligência do Exército em Córdoba, Hermes Oscar Rodríguez (75 años) e o capitão da reserva Jorge Exequiel Acosta (62), o comandante das operações de "La Perla".

 

No Chile, 98 agentes e colaboradores da Direção de Inteligência Nacional (Dina), a polícia secreta do regime militar, também começam a ser julgados pelo desaparecimento de 119 pessoas.

 

O processo está relacionado com a chamada "Operação Colombo", uma farsa criada em 1975 para encobrir desaparecimentos durante o regime militar.

 

É o maior processo em massa do Chile. No país, há cerca de 400 processos abertos por este motivo desde o retorno da democracia, em 1990.

 

Entre os processados há militares, civis e carabineiros (membros da Polícia militarizada), todos eles ex-agentes da Dina. Sob a ditadura de Pinochet, cerca de três mil pessoas morreram.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




G-20 diz que subsídios dos ricos contribuem para “crise alimentar”

 

 O G-20, grupo de países “em desenvolvimento”, declarou que o último relatório da Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre o comércio agrícola era "uma boa base de construção", mas destacaram que as nações industrializadas ainda precisam fazer mais para cortar os subsídios para a agricultura.

 

"O documento é fruto de um processo verdadeiramente multilateral, transparente e inovador", afirmou o embaixador brasileiro Clodoaldo Hugueney.

 

Falando em nome do G-20, Hugueney disse que o ônus da questão recaía sobre os países desenvolvidos, que deveriam cortar ainda mais subsídios, principalmente no atual contexto de escalada dos preços dos alimentos.

 

"O aumento dos preços dos alimentos traz ainda mais preocupações aos países em desenvolvimento em relação à segurança alimentar de suas populações", continuou.

 

"Nesse contexto, é mais necessário do que nunca que os níveis de subsídios, que distorcem o comércio, sejam reduzidos efetivamente nos países desenvolvidos. O atual patamar dos preços dos alimentos requer reduções significativas dos subsídios", afirmou Hugueney.

 

A rodada de negociações da OMC em Doha para reduzir as barreiras comerciais foi lançada em novembro de 2001, na capital do Qatar, com o objetivo de alcançar um acordo até 2004.

 

As conversações pouco avançaram desde então, tropeçando na intransigências dos países ricos, que exigem sacrifícios dos pobres.

 

Depois da reunião nesta segunda-feira, o chefe dos negociadores Crawford Falconer disse que não houve "grandes surpresas", e que ainda restavam algumas áreas de atrito.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h17
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Dívida externa cai e atinge US$ 200,2 bilhões

 

 A dívida externa total, estimada para abril, alcançou US$ 200,2 bilhões, uma redução de US$ 2,5 bilhões em relação à estimada para o mês anterior segundo relatório divulgado pelo Banco Central (BC) nesta segunda-feira.

 

Desse total, US$ 161,7 bilhões correspondiam à dívida de médio e longo prazos e US$ 38,5 bilhões, à dívida de curto prazo. A variação deveu-se à parcela de curto prazo.

 

No mesmo mês, as reservas internacionais somaram US$ 195,8 bilhões, crescimento de US$ 535 milhões frente ao apurado no mês anterior.

 

No período analisado, o BC liquidou compras de US$ 4 bilhões no mercado doméstico de câmbio. Entre as operações externas, sobressaiu a receita de US$ 596 milhões obtida com a remuneração das reservas, enquanto as demais operações, as quais incluem variações de preço e de paridades, entre outras, reduziram o estoque em US$ 4 bilhões, de acordo com o relatório.

 

*Qual será o peso desta dívida para a economia brasileira atualmente?

 

*Desapareceram as análises sobre o tema.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Déficit externo já supera projeção do BC para 2008

 

 O déficit em transações correntes brasileiro alcançou US$ 14,068 bilhões no ano até abril, alavancado por importações e remessas de lucros crescentes. O valor, divulgado nesta segunda-feira, já supera a projeção de déficit do Banco Central (BC) para 2008.

 

O dado se compara com um superávit em transações correntes de US$ 2,047 bilhões no mesmo período do ano passado. Apenas em abril, o déficit foi de US$ 3,3 bilhões, frente a um superávit de US$ 1,806 bilhão no mesmo mês de 2007.

 

O chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, afirmou que o dado não preocupa, uma vez que os investimentos estrangeiros estão muito elevados e os gastos com juros, em queda. "É uma situação mais confortável", disse.

 

Segundo ele, a tendência para os próximos meses é de redução nos déficits em conta corrente. Para maio, o BC projeta saldo negativo de US$ 1,5 bilhão.

 

Para Lopes, os embarques comerciais devem se "normalizar" após terem sofrido nos primeiros meses do ano impacto da greve dos auditores fiscais da Receita, das manifestações dos produtores agrícolas na Argentina e de atrasos nos embarques de minério de ferro.

 

As remessas de lucros e dividendos - que totalizaram US$ 12,358 bilhões no quadrimestre, frente a US$ 5,175 bilhões no mesmo período de 2007 - também devem diminuir, acompanhando uma tendência sazonal, acrescentou Lopes.

 

Em 12 meses até abril, o déficit em conta corrente corresponde a 1,08% do Produto Interno Bruto (PIB), ante déficit de 0,71% do PIB em 12 meses até março. Em valores nominais, o déficit de US$ 14,655 bilhões foi o maior desde o período de 12 meses até agosto de 2002.

Investimento direto.

 

O BC projeta déficit em transações correntes de US$ 12 bilhões para o ano. As estimativas, revistas trimestralmente, devem ser refeitas novamente em junho.

 

Os investimentos estrangeiros diretos somaram US$ 3,872 bilhões no mês passado, valor recorde para abril e um pouco acima dos US$ 3,471 bilhões de igual período de 2007.

 

O bom desempenho ocorreu a despeito de um retorno de R$ 1,1 bilhão de uma empresa do setor financeiro como resultado de uma operação de reestruturação, informou o BC.

 

Em maio, a projeção do BC é de que os investimentos somem US$ 1,4 bilhão. No mês, também houve um retorno de cerca de US$ 600 milhões de uma empresa de telefonia.

 

*A remessa de lucros é o ponto mais delicado desta equação.

 

*Caberia um controle melhor, talvez com alguma taxação.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Pesquisa decifra pela 1ª vez DNA feminino completo

 

 Pesquisadores do Centro Médico Universitário LUMC, na localidade de Leiden, no leste da Holanda, decifraram pela primeira vez a seqüência completa do DNA de uma mulher.

 

Após seis meses de trabalho, os cientistas conseguiram seqüenciar o genoma de uma de seus colegas, a geneticista clínica Marjolein Kriek.

 

Com este estudo, os pesquisadores do LUMC obtiveram o primeiro seqüenciamento completo do DNA de uma mulher e, ao mesmo tempo, de um cidadão europeu.

Cientistas já tinham decifrado os genomas individuais de quatro homens, dentre eles o especialista James Watson, um dos descobridores da estrutura da molécula do DNA.

 

Os resultados do estudo do LUMC, que serão publicados em breve, aumentarão o conhecimento a respeito da diversidade genética do ser humano, segundo os pesquisadores.

 

"Como é geneticista, Kriek estava na situação ideal para saber as vantagens e desvantagens da publicação de sua seqüência", disse o responsável pela pesquisa, Gert-Jan van Ommen.

 

"A seqüência do DNA de uma mulher nos ajudará a compreender melhor o cromossomo X", destacou Ommen, para quem "já era hora de equilibrar a proporção dos sexos" nas pesquisas.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Serra e Kassab assinam protocolo sobre Metrô

 

 Nesta tarde, foi assinado um protocolo de intenções entre a prefeitura e o governo do Estado para a aplicação de R$ 1 bilhão dos cofres do município na ampliação do Metrô. O valor inicial de R$ 75 milhões será usado para custear o projeto da nova linha, que ligará a Freguesia do Ó (zona norte) à Estação São Joaquim (bairro Liberdade).

 

Serra estimou em R$ 4 bilhões os custos do governo do Estado com a obra. No total, os recursos investidos no Plano de Expansão do Transporte Metropolitano, entre 2007 e 2010, totalizam mais de R$ 17 bilhões.

 

Na ocasião, o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab (DEM), assinou um cheque simbólico com o valor de R$ 75 milhões para a linha 6. Ele se referiu ao Metrô como a "prioridade das prioridades" e aproveitou para criticar os governos anteriores.

 

*O que uma campanha eleitoral na faz...

 

* O Metrô é um poderoso cabo eleitoral.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Sindicância sobre “dossiê” de Álvaro Dias entrega laudo final

 

 A comissão de sindicância interna da Casa Civil entregou à assessoria jurídica da pasta o laudo final com as investigações sobre os funcionários responsáveis pela produção do “dossiê” que misteriosamente apareceu nas mãos do senador Álvaro Dias (PSDB-PR), que o repassou, de pronto, à Folha de S. Paulo e à revista Veja.

 

Três funcionários - um da Controladoria-Geral da União (CGU), um da Advocacia-Geral da União (AGU) e um da própria Casa Civil - rastrearam por 60 dias os passos que culminaram com o vazamento do “dossiê”.

 

O relatório deve passar agora pela assessoria jurídica da Casa Civil, que analisará apenas a formatação das conclusões e os aspectos formais do processo investigatório.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 23h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Um dia de cão

 

 Não foi fácil o dia de hoje, depois da derrota do meu Santos por 4 a 0 diante do Cruzeiro ontem. O que teve de gente me cumprimentando levantando a mão com quatro dedos...

 

*Todo torcedor tem seu dia de cão.

 

*Hoje foi o dia de cão dos santistas.

 

*Foi duro carregar a cruz.

 

*Mas tudo passa... Tudo passará...



Escrito por Osvaldo Bertolino às 19h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A primeira revolução de Mao Tse Tung

 

 Li uma resposta de Mao Tse Tung ao famoso jornalista norte-americano Edgar Snow que é de tirar o chapéu. Com muita ironia, ele descreve em termos políticos a sua relação com o pai autoritário e mandão - dando exemplo de como a luta de classes é dinâmica.

 

A entrevista é de 1936 e Snow teria se transformado em grande amigo de Mao. O jornalista teria sido consultado pelo “caçador de comunista” Richard Nixon durante a “Guerra Fria” antes de reconhecer oficialmente a República Popular da China.

 

Veja a resposta de Mao:

 

“Havia dois ‘partidos” na família. Um era meu pai, o poder dominante. A oposição era constituída por mim, minha mãe, meu irmão e ocasionalmente incluía o lavrador que trabalhava para nós sob contrato, Nesta ‘frente unida’ da oposição, no entanto, havia uma diferença de opinião. Minha mãe advogava uma política de ataque indireto. Criticava qualquer demonstração aberta de emoção e quaisquer tentativas de rebelião aberta contra o poder dominante. Dizia que não era o estilo chinês.

 

Minha insatisfação aumentava. O conflito dialético em nossa família continuava em desenvolvimento. Quando eu contava treze anos, irrompeu uma disputa entre nós. Meu pai denunciou-me diante de um grupo, chamando-me de preguiçoso e inútil.

 

Isto me enfureceu. Disse-lhe uns bons desaforos e saí de casa. Minha mãe correu no meu encalço e pediu-me que voltasse. Meu pai também me perseguiu, praguejando ao mesmo tempo que pedia que eu voltasse. Cheguei à beira de um tanque e ameacei me afogar se ele ousasse se aproximar. Nesta situação, propostas e contrapropostas foram feitas para a cessação da guerra civil.

 

Meu pai insistiu em que eu me desculpasse e fizesse ‘kou-tou’ (reverência) em sinal de submissão. Concordei em dar um ‘kou-tou’ de apenas um joelho se ele prometesse não me bater.

 

Assim a guerra terminou e, com esta experiência, aprendi que, quando eu defendia meus direitos pela rebelião aberta, meu pai cedia; mas, quando eu permanecia passivo e submisso, ele só praguejava e me surrava mais.”



Escrito por Osvaldo Bertolino às 08h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Homenagem a uma poeta comunista brasileira esquecida

 

 O blog do Sandro Ferraz, de Porto Alegre, informa que estão abertas as inscrições para o “Prêmio Lilla Ripoll de Poesia” no Protocolo da Assembléia Legislativa, em Porto Alegre.


O “Prêmio Lila Ripoll de Poesia” foi instituído pela Assembléia Legislativa do RS em 2004, por iniciativa da então deputada estadual Jussara Cony (PCdoB), para homenagear o centenário da poetiza, professora, jornalista e pianista Lila Ripoll.

 

Lilá foi tudo isso e uma ativa militante comunista. Quando escrevi o livro “Testamento de Luta – A vida de Carlos Danielli”, abri com uma poesia sua, escrita logo depois do golpe militar de 1964, que é um primor.

 

Veja:

 

Não. Não aceito este vento
como eterno.

Nem o céu toldado

Como paisagem possível.

Nem a música absurda dos tambores

Quebrando o ritmo da melodia verdadeira.

 

Não. Não aceito a mutilação

De meu espírito.

De meus passos.

Da brasa de sonho

Que arde dia e noite no meu peito.

 

Não. Não aceito a vida

Emoldurada em formas imutáveis;

As estrelas sem brilho; as vozes fechadas na garganta;

Códigos substituindo pensamentos;

A neblina nos olhos; as palavras esmagadas.

 

Não. É preciso que amanheça.

Que se ouçam os cantos líricos

dos pássaros.

Os cantos líricos da vida.

A voz dos homens rompendo o silêncio de chumbo.

 

É preciso que amanheça.

Que a música contida

irrompa caudalosa,

Como um rio que deixa o leito

A procura do mar.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 07h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O fim do “camisa-dez”

 

 O Santos sente visivelmente a falta de um jogador que organize o time em campo – o famoso “camisa-dez”. Molina vinha bem, mas caiu de rendimento desde a sua lesão antes das partidas contra o América do México pela Libertadores. E o time afundou junto junto com ele.

 

O “camisa-dez” faz o time jogar bonito. Sem ele em campo o jogo se transforma em uma correria que mais parece uma debandada. O "camisa-dez", para infelicidade geral da nação futebolística, é uma espécie em extinção.

 

Veja como o “camisa-dez” joga bonito - e faz falta nos gramados brasileiros -  nos vídeos de Giovanni e Alex abaixo:



Escrito por Osvaldo Bertolino às 22h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Show de Giovanni, o Messias, um autêntico "camisa-dez"



Escrito por Osvaldo Bertolino às 22h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Dois "camisa-dez": um em campo e outro narrando



Escrito por Osvaldo Bertolino às 22h31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A voz de José Silvério e a mediocridade de Cléber Machado

 

 Para quem gosta de rádio - eu sou fanático por rádio, desde a tenra idade -, ouvir o José Silvério, da Rádio Bandeirantes, transmitir uma partida de futebol é uma maravilha. Quando não há opção, é preciso ouvir o medíocre Cleber Machado na TV Globo. Ele consegue ser pior do que o Galvão Bueno.

 

A Globo está preparando o ex-jogador Caio para ser o substituto do Casagrande. É um casagrandinho. Como ele imita bem o Casagrande... Será que é a Globo quem manda?

 

Para mim, José Silvério é o melhor narrador desde os tempos em que Osmar Santos começou a ser badalado na rádio Jovem Pan e o deixou em segundo lugar. Foi um injustiçado naquele tempo. Assim como o foram Giovanni e Alex na seleção.  

 

Veja, no vídeo abaixo, como o Silvério faz bonito na narração:



Escrito por Osvaldo Bertolino às 22h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A voz privilegiada de José Silvério



Escrito por Osvaldo Bertolino às 22h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O trem dos corinthianos

 

 A nova moda da torcida do Corinthians de cantar “Não pára, não pára, não pára” lembra uma piada que se contava na União Soviética no período de Gorbachev.

 

O trem da revolução do qual falava Lênin teria parado num determinado momento. Lênin, com seu poder de liderança, pediu para todos descerem e fazer o trem andar.

 

Mais à frente, o trem parou de novo. Aí o comando era de Stalin. Ele pediu para todos descerem e disse que se o trem não voltasse a andar muitos iam para a Sibéria. O trem voltou a andar.

 

Mais à frente ainda, o trem parou novamente. Aí o comando era de Brezhnev. Sem a capacidade de Lênin e Stalin, ele pediu para todos que se balançassem para frente e para trás para dar a impressão de que o trem estava andando.

 

Aí Gorbachev assumiu o comando e convenceu todos a abandonar o trem em troca da promessa de outro trem novinho em folha. Todos ficaram a pé.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 22h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Rodada do Brasileirão embola paulistas

 

 A tabela de classificação mostra que os clubes paulistas estão mal no Brasileirão. O pior é o São Paulo, que está na zona de rebaixamento. O pior da rodada foi o Santos, goleado por 4 a 0 pelo Cruzeiro no Mineirão.

 

Recém eliminado da Copa Libertadores, a equipe da Vila Belmiro tentou minimizar os efeitos causados pela queda na competição continental e entrou em campo sem inspiração para jogar futebol. O ataque até que foi bem, mas a defesa parecia uma floresta de estátuas. O pior de todos foi o Fabão, que terminou a partida mancando.

 

Ele e Marcelo tentaram fazer linha de impedimento o tempo todo e só se deram mal. O infernal ataque do Cruzeiro deitou e rolou.

 

Apontado pela torcida santista presente no Mineirão como o principal culpado pela goleada, o técnico Emerson Leão preferiu não rebater as críticas do público e acredita que as vaias ocorreram a mando do mesmo grupo que o tentou derrubar no início da temporada.

No final da segunda etapa de jogo, a torcida pediu a saída de Leão do comando técnico santista. "Não tenho nada para falar sobre isso. É a mesma turma de sempre", resumiu Leão.

O treinador responde a processo por ter supostamente acusado a Torcida Jovem de promover campanha para tirá-lo do cargo, estendendo faixas de protestos e cobrando sistematicamente sua queda mesmo em jogos vitoriosos do Santos.

Na ocasião, ele dissera que a vaia vinha da "turma do Carnaval", em referência à torcida que recebia dinheiro do técnico Vanderlei Luxemburgo para compra de material para festa carnavalesca.

 

Irritado com a performance do time alvinegro principalmente na segunda etapa, o lateral-esquerdo Kléber condenou a equipe no geral, sem especificar quais os erros que culminaram no fracasso em Belo Horizonte.

 

O São Paulo também sentiu a eleiminação da Libertadores e empantou, em pleno Morumbi, com o Cortitiba por 1 a 1. O Corotiba ainda teve um pênalti escandalosamente não marcado.

O Palmeiras entrou de salto contra a Portuguesa, assim como o árbitro Sálvio Spinola. Ele deixou de marcar três pênaltis nos oito primeiros minutos de jogo.



Escrito por Osvaldo Bertolino às 22h17
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Aliado de Palocci critica debate econômico democrático

 

 O sempre pretensioso Marcos Lisboa, ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda na “era Palocci”, ex- diretor-presidente do Instituto de Resseguros do Brasil (IRB) e atual diretor-executivo do Unibanco, escreve hoje na Folha de S. Paulo um artigo, intitulado “Tiro no pé”, criticando a forma democrática como o ministro da Fazendo, Guido mantega, e principalmente o presidente Lula, vêm conduzido o debate econômico no governo.

 

Veja um trecho:

 

“Os adequados fundamentos econômicos, depois de vários anos de uma política consistente, e a firmeza do presidente nos momentos mais críticos têm garantido o bom desempenho da produção e do emprego. Entretanto, o ajuste macroeconômico neste momento um pouco mais difícil poderia ser bem menos custoso não fossem os ruídos desnecessários que têm sido gerados seguidamente. Na condução da política econômica, muitas vezes, silêncio e serenidade auxiliam mais do que ativismo e declarações sucessivas. Sobretudo quando não se tem nada a dizer.”

 

Veja o artigo aqui:

 

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi2505200809.htm

 

É um abuso bem típico da turma que tomou conta da economia brasileira desde os primeiros passos da “era FHC”. Essa gente tem a cabeça regida por um autoritarismo exacerbado.

 

Em 2003, Lisboa, quando era do governo, escreveu um documento intitulado “Política Econômica e Reformas Estruturais”, divulgado com a assinatura do ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci, que mereceu o seguinte comentário de Maria da Conceição Tavares:

 

“Quase tive um ataque quando li aquilo! Estou histérica.''

 

Ex-aluno de Conceição Tavares, Lisboa foi definido por ela como ''um bom menino que adorava fazer modelos matemáticos e adora até hoje''.

Em 2004, escrevi uma coluna no Portal Vermelho sobre a cabeça dessa gente que comandou a economia no ciclo neoliberal. Veja um trecho:

“Está claro que o grande problema que aflige a economia nacional é de gerenciamento político, com forte viés autoritário — uma marca, aliás, dos últimos 40 anos em que predominou a orientação liberal. A atual gestão macroeconômica é um mundo de negócios separado dos reais problemas do país — no qual a razão cedeu lugar à adivinhação, à cartomancia e aos elementos da feitiçaria semelhantes aos das religiões primitivas. Um ilha da fantasia e da embromação, enfim.”

Leia a coluna aqui:

http://www.vermelho.org.br/diario/2004/0630/bertolino_0630.asp?NOME=Osvaldo%20Bertolino&COD=3435



Escrito por Osvaldo Bertolino às 13h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Cuba fará reforma monetária para acabar com duplo mercado

 

 Em entrevista ao site CubaSolidariedad, Osvaldo Martínez, de 64 anos, presidente da Comissão Econômica da Assembléia Nacional do Poder Popular (o parlamento cubano), diz que Cuba reformará o seu polêmico sistema monetário e eliminará o quanto antes a circulação paralela de duas moedas – o peso nacional e o peso conversível.

 

A reforma ocorrerá, segundo Osvaldo Martinez, porque esta dualidade de moedas constitui um foco de conflitos e causa graves comparações entre que dispõe de euros e dólares e quem não os tem.

 

Os cubanos recebem seus salários em peso nacional, em torno de 408 mensais (12 euros pelo câmbio atual), mas muitos bens são vendidos em pesos conversíveis e preços frequentemente inalcançáveis, explica.

 

“A duplicidade de mercados é uma das coisas que mais chama a atenção de todo visitante”, diz ele. “É muito difícil de entender, mas não é um capricho. Foi uma dura necessidade”, ressalta.

 

Veja a íntegra da entrevista, em espanhol:

 

http://cubasolidaridad.org/index.php?option=com_content&task=view&id=472&Itemid=31



Escrito por Osvaldo Bertolino às 11h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, Portuguese, Spanish, Livros, Música, Santos Futebol Clube, o santástico.
Histórico
    Outros sites
      Vermelho
      Portal CTB
      Na periferia do império
      Blog do Nivaldo Santana
      Amigos do Jamil Murad
      Portal do Diap
      Fenametro
      Metroviários de São Paulo
      Blog do Sandro Ferraz
      CubavsBloqueo
      Telesur
      Pueblos
      Cubainformación-TV
      PortalAlba
      Anmcla-Bolívia
      Todos con Bolivia
      Agenda do Samba & Choro
      Blog do Miro
      Che Guevara
      Zumbi dos Palmares
      Academia Brasileira de Filosofia
      Guia do Blues
      Chico Blues
      B.B King
      Blues Power Trio
      Sonny Boy Williamson II
      Rádio USP
      Edith Piaf
      Aporrea-Venezuela
      Mapa Mundi do IBGE
      CartaCapital
      Vi o mundo - Luiz Carlos Azenha
      Adital
      Revista Forum
      Conversa Afiada - Paulo Henrique Amorim
      Terra Magazine
      Luis Nassif online
      Carta Maior
      Rebelion
      O Diário.info
      Resistir.info
      Agencia Periodista del Mercosur
      Blog do Emir
      Le Monde Diplomatique
      Arquivo do "Roda Viva"
      Frente Antonio Mariño Bloque Oriental Farc-EP
      Farc-EP
      Somos todos Bolivar
      Agência Bolivariana de Notícias
      Agencia Bolivariana de Prensa
      Agencia Cubana de Notícias
      Agencia Prensa Rural
      TV Alba
      Agencia de Noticias Nueva Colombia
      Desde Abajo - Colômbia
      FDLP - Palestina
      Jornal Granma
      Indymedia - Colômbia
      Liberación
      Novosti - Rússia
      Notimundo
      Pagina 12 - Argentina
      Prensa Latina
      Rede Voltaire
      Xinhua - China
      Cafe Stereo - Rádio Bolivariana
      El Che
      VTV - Venezuela
      Agancia de Noticias Inter Press Service
      Olimpeadas 2008 - Xinhua/China
      Piedad Córdoba
      Periodistas Cuba
      Etica y moral siglo XXI
      Redacción Popular
      Blog de la Juventude Evita, de Córdoba
      Mirada Internacional (Venezuela)
      Prtido Comunista Peruano
      Rebelion
      Nángara - Venezuela
      Movimento Che Guevara
      Argenpress - Argentina
      Tribuna Poular - PC de Venezuela
      Kaosenlared.net
      Vereador Everaldo Augusto (PCdoB), Salvador
      Aldeia Nagô - BA (arte e diversão)
      Red por ti America - Peru
      Blog do PCdoB-Natal (RN)
      Blog do Jan Varela
      O Jopelão - diário socialista da Venezuela
      Presidência do Equador
      Boletim Sidenei Liberal
      Partido Comunista de Cuba
    Votação
      Dê uma nota para meu blog